"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

sábado, fevereiro 27, 2010

EM BUSCA DE PISTAS...

NO Caminho da Serpente, Fernando Pessoa disse que ela liga os contrários verdadeiros (os pólos opostos e complementares) porque, ao passo que os caminhos do mundo são, ou da direita, ou da esquerda, ou do meio, ela segue um caminho que passa por todos e não nenhum. Ela é, acrescentou num apontamento nebuloso, na ordem direita Portugal."



Li há dias em "Pistas do caminho"…

“Será que já não sabemos tudo o que precisamos para mudar as nossas vidas? Será que a nossa ânsia por novidades, conhecimentos, mestres, gurus é uma forma disfarçada de fuga do compromisso com a nossa própria mudança interior? Talvez não precisemos saber mais nada, a não ser sobre nós mesmos, já que poucos se sabem, talvez precisemos usar aquilo que sabemos, de uma forma simples e eficaz, sem ficar enrolando com mais e mais informação. Então é isso.


Sinto muito, me perdoe, eu te amo, sou infinitamente grato.”

Fernando Augusto


*****

"Tenho anelado escapar do cinismo da mentira gasta e do grito contínuo do velho terror que se torna mais terrível a medida que o dia avança e desagua dentro do mar profundo.
Tenho anelado ir-me porém tenho medo de que um pedaço de existência ainda intacto, possa explodir ao sair da velha mentira e, explodindo no ar, me deixasse meio cego, queimando-se na terra.
Tenho anelado ir-me porém tenho medo..."
Dylan Thomas
In http://pistasdocaminho.blogspot.com/

Sem comentários: