sábado, abril 17, 2010

PORQUE NOS NEGAMOS AS EVIDÊNCIAS?


“O encontro com a Mãe Divina é uma etapa essencial para a nossa consciência, totalmente incompreensível para o intelecto. Porque a Grande Mãe é o Todo. Ela é o próprio Corpo da criação, Ela sustem o universo, a sua Essência está em todo lado. E a sua Essência é Amor puro. Ela é a Matriz última, da qual somos todos filhos.

(…)

Ela levanta para nós o véu da Ilusão, e convida-nos a vê-La em tudo. Ela reina sobre todas as manifestações do elemento água, quer sejam físicas ou mais subtis.”

*

MEM – 13

Marie Elia – Rencontres Avec la Splendeur

»»»

“Vulcão entra em erupção e derrete parte do gelo na Islândia

Degelo provocou enchentes que ameaçam rodovias e pontes.
Cerca de 700 pessoas tiveram de deixar suas casas.”

A erupção do vizinho vulcão Fimmvorduhals, situado entre as geleiras de Eyjafjälla e Mýrdal, já tinha provocado há três semanas a evacuação durante dois dias de mais de 600 moradores e o fechamento temporário do tráfego aéreo e rodoviário."

»»»

Os céus da Europa estão cobertos de cinza…milhares de voos cancelados, Aeroportos fechados…

Um vulcão na Islândia, que na última vez que entrou em erupção, em 1820, esteve activo um ano…Se assim acontecer o prejuízo económico, que é só no que os Homens pensam, de milhões de euros em poucos dias, será a catástrofe para a Europa civilizada e consumista…



Não, este não foi um ataque “terrorista”, nem uma bomba nuclear – a grande “ameaça” para os Estados Soberanos…


É só…a revolta da Grande Mãe a chamar os seus filhos à dura Realidade, na sua justa ira….porque é preciso que os seres humanos voltem à sua Essência, ao Amor inicial da criação.

E se para isso for necessário derrubar os Estados e as Economia do abominável Sistema Financeiro e mesmos os Países, Ela o fará sem mais contemplações. Não há mais tempo para suportar a mentira dos Homens e as suas políticas de fachada, os seus enredos financeiros os seus crimes. Não há mais tolerância para com os humanos que se destroem e destroem a Terra…


A Grande Mãe Gaia não vai permitir e Ela só está a avisar!


Ela apenas abre o seu Útero e expele lavas de fogo e cinza de 200 metros de altura…e é bom lembrar, há um outro vulcão ainda adormecido…

A Mãe e as suas águas cúmplices formam tornados, furacões e tempestades e destroem as casas erigidas sobre as lixeiras… porque há homens que edificam as suas casas sobre a pobreza e a dor do próximo. Mas Ela derruba a riqueza como a pobreza…

Ela faz estremecer os alicerces falsos desta humanidade dividida.

Porque há homens que por ganância destroem Florestas derrubando milhares de árvores sagradas…

Há homens que erigem torres inúteis sobre a miséria e a escravidão e desfrutam do luxo…

Há homens de deus que violam crianças…

Há homens que vivem apenas da exploração de outros humanos, que traficam órgãos e matam crianças para os obter, como matam animais sem dó nem piedade…

Há homens que prostituem as mulheres, que vendem as filhas e as irmãs e as enterram vivas e matam por honra à pedrada…em nome de deus…

Há homens que vivem em Palácios e castelos, futebolistas e gestores que ganham milhões e Bancos com lucros fenomenais…

Há homens que detêm toda a riqueza do planeta e milhões de mulheres e crianças que morrem de fome…

O Mundo dos Homens há muito que enlouqueceu nas suas disparidades, na sua alienação, na sua arrogância…

Dizem-me que sempre foi assim…mas há sempre um limite…e nós estamos nesse limite, o limite zero!

É tempo deste mundo podre e corrupto ruir…à força das águas da Grande Mãe, das enxurradas e do fogo purificador…

Onde há mentira que caia tudo o que foi construído e obtido pela dor dos outros…

Ah, dir-me-ão…as crianças também morrem e talvez os justos…e são os pobres que pagam sempre a factura…

Mais do que o nosso juízo curto sobre o Universo e a inteligência de Gaia, é a Força da Natureza que regenera e Ela sabe melhor do que ninguém o que faz…Ela está por detrás de tudo o que existe…

É preciso e urgente limpar a superfície da Terra da imundície dos homens, libertá-la das garras do seu Poder…da sua mentira, da sua ganância.

Os Homens tão tementes dos seus deuses de guerra, não respeitam a Mãe Terra e destroem a Vida ameaçando o Planeta e o Cosmos com a sua ciência, a sua tecnologia e os seus dogmas…eles destroem a vida com a sua superioridade, a sua soberba e a sua ignorância…se morrerem inocentes mas a Terra for salva eu aceito morrer por uma derradeira e última causa!

É impossível deixar que a insanidade dos homens continue a matar e a destruir o mundo para proveito próprio!

Não vai haver um “Fim do Mundo”, pois vamos voltar à nossa condição de Verdadeiros Humanos, a um novo começo da Consciência Plena do Amor da Mãe sobre a Terra.


Mesmo perante as evidências dirão que sou catastrófica...mas eu creio na Justiça da Grande Deusa. Eu creio na Sabedoria de Gaia.

*

rleonor pedro

2 comentários:

Gaia Lil disse...

Talvez com uma humanidade tão distante de sua alma e da sua essencia verdadeira, uma humanidad cujo bode expiatoria é quase sempre a mulher ou qualquer representate do espirito feminino, seja impossivel sem uma minima indentidade interior para além dos dogmas das religiões, reconhecer os minimos indicios e eviodencias da realidade.Temos um longo caminho a percorrer.

Um beijo no seu rosto, minha sábia anciã que gosto tanto.

Rosa Leonor disse...

tem toda a razão no que diz...isso é muito verdade. enquanto a mulher não integrar a deusa ela não pode entender a sua verdadeira natureza nem a da Terra Mãe...
e por mais difícil que seja caminharmos sós, continuemos o caminho, com a esperança de que cada dia que passa há mais mulheres a acordar para si...e para o amor da deusa!

um abraço muito grande

rleonor