segunda-feira, setembro 11, 2006

"A dupla essência, masculina e feminina, de Deus - a Cruz.
O mundo gerado, A Rosa, crucificada em Deus"


fernando pessoa



“O desequilíbrio das nossas instituições fundamentais, que reflectem um Deus pai no topo de uma trindade totalmente masculina, teve uma influência devastadora no mundo Ocidental. Com o rápido desenrolar dos acontecimentos devido a avanços da ciência nos últimos trezentos anos e especialmente nos últimos cinquenta, a fractura na sociedade Ocidental e na psique humana tornou-se cada vez mais evidente.
A poluição do planeta e o abuso flagrante das nossas crianças estão intimamente relacionados com esta falha fundamental.

(...)
Uma das realidades mais tristes da nossa cultura é que a ascendência do masculino ferido levou à exaustão emocional. Onde o feminino não é valorizado, um homem não tem verdadeira intimidade com o seu oposto, a sua outra “metade”.

Muitas vezes, não pode canalizar as suas energias na direcção de uma relação amorosa visto que o seu parceiro, supostamente, não tem valor. Privado do seu oposto igual porque o feminino é visto como inferior, o macho frustrado predominante fica esgotado: “onde o sol brilha sempre, há um deserto”. As florestas secam, os rios secam, o solo estala. A terra morre.”


In MARIA MADALENA E O SANTO GRAAL
Margaret Starbird

O 11 de Setembro...

São os homens do deserto e os patriarcas de todo o mundo que fazem as guerras e destróiem o Planeta. Não há os "bons e os máus" como nos querem fazer parecer, mas apenas os que destróem e matam dos dois lados da História...

A falta do Pricípio Feminino no Mundo e a negação da Essência da Mulher enquanto Matriz, faz o Deserto em que os homens precipitam a Terra...através das suas armas e guerras, do fogo, do ódio e da miséria que provocam, a Natureza "revolta-se" e vai fazer-nos pagar caro a desordem que criamos em nome de "Deus"...

Só para dizer que embora sem assiduidade, estou presente!

Sem comentários: