"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

quinta-feira, novembro 03, 2011

Em forma de agradecimento...

Na Casa da Eira...Mulheres & Deusas....encontro. Falando das mulheres que somos em busca de uma identidade perdida, a nossa identidade profunda, a mulher integrada.


Mais tarde a ver o por do sol e o céu magnífico ...gosto destes rostos que me acompanharam...
QUERIA AGRADECER AQUI à Mizé e a todas as mulheres presentes e também aos homens que nos acompanharam nesta abordagem tão nova (e tão velha?), como controversa...do que é SER MULHER INTEIRA.
****

“Lilith tem hoje uma necessidade dramática de ser ouvida. É o grito da noite de quem reclama, que quer tocar o absoluto.”

Joelle de Gravelaine

2 comentários:

Nana Odara disse...

que lindoooooooooooooo

Rosa Leonor disse...

Foi muito bonito sim...pena que você não estivesse cá...não sei se é desta que as cosias podem tomar rumo...mas houve eco nas mulheres e finalmente podem acontecer em Portugal coisas boas...sem foclores...o trabalho da conciência do feminino é essencialemtne um trabalho interior de cada mulher...dentro e não só por fora...vamos manter a fasquia por cima mesmo a risco de parecer muito arrogante...
grande abraço à grande Nana odara...
rleonor