quinta-feira, janeiro 12, 2012

O CAMINHO DA DEUSA...O QUE É?


Estou mum momento de reflexão interior em que me apetece repensar toda esta confusão sobre a deusa a mulher e o homem e os mestres e sacerdotisas e sacerdotes. Tenho que repensar em toda esta confusão de palavras que não querem dizer nada, de se ler superficialmente escritores e escritoras, histórias e anedotas, misturar tudo, fazer uma grande salada ou pior do que isso apenas decorar conceitos, copiar ideias e textos, e não se dizer nada com sentido, reflectido, interiorizado, ou mais grave ainda, debitar a lição sem compreender em essência, nem por experiência, sem saber do que se trata porque não se fez trabalho nenhum interiormente sério e em profundidade e por isso não se pode nem se deve falar do que se trata o Caminho da Deusa... O caminho da deusa é inteiro, integral total em mim...Por isso preciso ter essa consciência, do caminho percorrido, do que já fizemos ou não...por a mão na consciência, acordar para essa ConSciência...é preciso fazer essa integração da psique e na alma. É preciso ser Anima...é preciso saber o que é o feminino em si, em nós, dentro, e a partir de dentro. É preciso reconhecer e amar as três deusa em nós...nas três mulheres que ao longo da vida cada uma de nós é e saber respeitar essas diferenças em nós e nas outras mulheres e OUVIR quem sabe, pricipalmente a velha, aquela que sabe...

Chega de teorias e mezinhas, de rituais e de propostas académicas, de livros e de intenções e pareceres...

UMA MULHER É UMA MULHER É UMA MULHER... 

...como uma Rosa é uma Rosa é uma rosa...porque tem cheiro e espinhos, pétalas e raizes... Uma rosa não tem filhos nem tem marido ou amantes...nem estuda matemática e ciências, nem feminismos ou machismos, nem fala da Deusa ou de deuses...ela dá-se pelo que é em si e desfruta-se pela sua beleza, pelo seu aroma e pela sua magnificência...
Assim vejo a MULHER mulher...assim é uma mulher, todas as mulheres que reconheci como sábias e mais velhas e as mais novas e puras (o que para cada uma seja puro: sincero verdadeiro autêntico) e  as mães fantásticas, mulheres maduras, todas elas que no momento certo me emprestaram o seu colo...e me salvaram de uma qualquer dor...
Tanta confusão acerca da deusa como se a Deusa fosse agora uma coisa qualquer à mão de qualquer um/a...tão fácil como  apanhar uma flor e a por na jarra lá em casa a enfeitar a mesa...ou a estante...
Não há Deusa nenhuma algures...ou há e é sempre a mesma e está em todo lado onde a vida está. Eternamente ELA. Uma ESSENCIA, uma voz...ecoando dentro de nós...
Ela foi e é Lilith, ela foi e é Inana e Isis...ela é e foi Astarte, ela é e foi Sophia, ela é e foi Maria, ela é e foi cada uma de nós, cada mulher...que encarna o Princípio Feminino e é fiel a si mesma e a sua origem.
O problema da mulher actual é que ela pensa que é livre e não vê que foi dividida e não sabe há muito quem ela foi ou o que é...perdeu a sua indentidade...perdeu a ligação à sua natureza, para ser só filha do Pai, saida da cabeça de Zeus que engoliu sua mãe Métis para lhe tirar o poder; essa foi a mulher que herdamos, uma filha sem mãe...e agora ela projecta-se numa imagem ou numa ideia vaga religiosa ou pagã, da Deusa, mas a Deusa é a mulher que caminha dentro si, no seu coração...que é o imaculado coração de Maria e de Ísis...
Toda a mulher é à partida uma "nossa senhora" a nossa mãe primeira, e...cabe a cada uma de nós integrar o princípio feminino, essa Substância primeira e Matriz e fazer a fusão das duas mulheres separadas pelas religiões entre a santa e a pecadora e unir o seu corpo alma e espírito e ser integra e assim unir as mulheres e não fazer o jogo dos homens - padres, filósofos, escritores guias etc - que lhes ensinaram a ler e a catequese, que lhe impuseram o silêncio forçado e o dogma e os credos...

E não há curas nem terapias nem mezinhas senão for a própria Mulher a querer caminhar descalça (sem ideias) sobre a terra mãe... 
O Caminho da Deusa é o Caminho da Mulher dentro de si, é a voz do Útero, é o caminho da união das duas mulheres dentro de cada mulher, é o caminho de uma Consciência Maior, o caminho do Coração que bate e é inteligente e... não há outro Caminho...
De nada nos serve andar a discutir ideias velhas e novas nem belos textos sagrados ou profanos, nem as faces da deusa...
Nada serve de nada se cada mulher não andar pelo seu próprio pé...e a mulher que quiser encontrar-se consigo mesma tem de esquecer os outros caminhos - os caminhos do passado e o caminho dos homens e mestres - e tudo o que aprendeu ao inverso e contra ela para poder encher o copo, o vaso, o Graal da sua memória, do seu sangue vivificante, a sua voz interna e uterina ...e não vir com o copo cheio...de razões e de ideias em nome dos homens do Pai ou do Filho...porque Ela é O ESPÍRITO SANTO, a Pomba...a Paz...
Basta de ideias e confusões...
Vamos parar com estas querelas...ou pareceres e divergências. O caminho da MUlher não é do intelecto nem da razão...mas do SENTIR, do SER, da SÍNTESE...O Caminho irreversível do Amor...e é o Amor que tudo ama que tudo cura e sem ele...tudo é vão e estéril...
O caminho da Deusa é doce e implacável...e por isso impecável...ele não permite mistificações nem simulações...nem fraudes...Ele exige o total DOM de si...
rlp

1 comentário:

ReNata disse...

Amei!!!