"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

segunda-feira, janeiro 07, 2013

NA ÍNDIA, AS MULHERES APRENDEM A DEFENDER-SE!

MAS, MAIS IMPORTANTE, ELAS DEFENDEM AS OUTRAS MULHERES DA VIOLÊNCIA DOS HOMENS...



Gulabi Gang:

Mulheres de cor de rosa lutam pelos seus direitos na Índia
 

"Para as mulheres da Índia, o medo é um companheiro constante. Haverá poucos lugares onde a vida seja tão curta e brutal como em Bundelkand, uma das regiões mais pobres da Índia.

Anualmente 200.000 mulheres são vítimas de violência na Índia. Mas esta é apenas a ponta do icebergue. As autoridades não registam os casos de violência contra mulheres. Sobretudo nas regiões do interior as mulhere...

s não sabem a quem se dirigir quando são vítimas.

Em Bundelkand, um grupo de mulheres resolveu lutar contra esta espiral de violência e silêncio. Em grupos, estas "Robin Hood" vestidas de rosa choque, dirigem-se à polícia, aos tribunais ou aparecem sem aviso nas famílias onde as mulheres são maltratadas. Entretanto, tornaram-se heroínas populares."


(Anwar Jamal Ashraf e Nina Haase acompanharam estas mulheres que formam o Gulabi-Gang. Um Contraste apresentado por Helena de Gouveia.) in facebook

1 comentário:

Sx disse...

Verdadeiras inspirações para todas as mulheres no mundo