quarta-feira, janeiro 16, 2013

PORQUÊ ESTE ÓDIO À MULHER?




"Os ídolos imemoriais foram derrubados e foi preciso destruir, junto com eles, seu suporte: a mulher-mãe, a mulher-deusa, a mulher-fêmea, a verdadeira mulher.

As pessoas cultas denunciam hoje as atrocida­des do colonialismo recente: os indígenas aniquila­dos, os feiticeiros africanos extintos, as civilizações negras martirizadas. Mas não falam de nossos anti­gos totens, que foram derrubados! De nosso Deus, que foi aviltado e perseguido! De nossas sacerdoti­sas, que foram exterminadas! De nossa mulher, que nos foi subtraída! A velha Europa também foi colo­nizada e desfigurada. Sim, senhores, ouso dizê-lo. Do ponto de vista puramente antropológico em que me situo, a história da Igreja cristã é a história de uma guerra empreendida pelo estrangeiro contra um cul­to nativo muito antigo, muito poderoso, muito pro­fundamente arraigado e de um crime bem-sucedido contra toda a raça humana fêmea. Nós perdemos nossa metade, senhores. Como demonstrarei, ela foi morta."


 
HÁ DIAS ASSIM...
 

Eu hoje Vejo e Sinto o sofrimento das mulheres na minha pele, pesam-me as dores das mulheres do mundo inteiro…sinto no corpo as dores acumuladas de gerações e gerações de mulheres, de mães e filhas e avós e tias e mães e irmãs e filhas, e mães e amantes, e filhas escravas e meninas escravas e concubinas velhas, todas usadas em sofrimento visceral, violadas sexualmente, abusadas emocionalmente, desrespeitadas como indivíduos, tratadas como servas e animais de carga no mundo inteiro…
Eu hoje vejo  e sinto o sofrimento das mulheres e crianças e como sempre foram e são sacrificadas ainda ao prazer malévolo e satânico dos pais pederastas, bispos e padres…sempre as mulheres e as crianças alimentando as bestas…
Eu hoje vejo…a dor a roer as mulheres por dentro: no seu silêncio amargo...
no ódio recalcado, na fibromialgia, na bipolaridade agora na moda mas já antes na histeria e na esquizofrenia…e no cancro e na depressão e na angústia pessoal que sofrem diariamente milhares ou milhões de mulheres no mundo…e nada muda…
Hoje acordei assim…com o peso no corpo de todas as dores…e pensei como as mulheres são impedidas de viver por si mesmas de respirar...impedidas…de serem elas mesmas…
E vejo como as mulheres são pressionadas e julgadas todas por tudo e por nada e são elas sempre os bodes expiatórios de todos os males e de todas a guerras…como o são em casa no trabalho e na rua…
E vejo como o cinema e os filmes e as telenovelas as retratam…o abuso a violência e o crime perpetuado ad náusea…
Vejo a campanha denegridora da mulher diariamente em todo o mundo…igual na China na India e na América ou no Brasil, na Europa e Portugal, cada vez mais violência contra a mulher…cada vez mais crimes e mais mortes…violações e abusos...repito-me sim...
Ainda ontem vi o anúncio de uma nova telenovela portuguesa "Destinos cruzados"? E o destaque era: duas mulheres a puxarem-se os cabelos a eterna luta pelo macho, desgrenhadas e agredirem-se violentamente uma à outra...esse é slogan, o anúncio macabro de uma nova história de horror e miséria, à portuguesa, mas as brasileiras e mexicanos também não variam como não variam as americanas...
 
LI EM TEMPOS QUE SERIA ASSIM, MAL A Mulher começasse a despertar, o perigo de violência contra ela aumentaria e a mulher seria ainda mais perseguida E de forma brutal como o foi na India a jovem abusada e morta por 6 muçulmanos...e também o é de formas subtis através de propagandas dissimuladas contra o mal…subliminarmente ministradas na publicidade e no cinema e nas telenovelas…

TODOS OS DIAS E EM TODOS OS CANAIS...

Há Uma campanha INVISÍVEL para a destruição maciça do SER MULHER…passando pelos químicos há muito ministrados, os comprimidos e as pílulas e as vacinas e por fim as operações mundiais contra a mulher ditas de “prevenção contra o cancro do colo do útero” que não são senão um atentado a esse poder interior do útero da Mulher começando por anular nas jovens a sua força em expansão e a sua liberdade que os ameaça. E este movimento das forças involutivas ou do governo mundial da Sombra…o que seja essa realidade que agora destrói economias e Países, cria a crise artificial e não quer a liberdade nem o Amor – Magia de que a Mulher e só a Mulher é capaz.
A mulher é a Mediadora por excelência das forças cósmico telúricas, a mulher tem esse poder de ligar a Terra ao Céu e libertar a Terra desta escravidão se ela ACORDAR PARA SI...

rlp

Sem comentários: