segunda-feira, maio 25, 2009

PORQUE FAZ TANTO MEDO A MULHER NAS RELIGIÕES?



Palavra de Afrodite:

Eu sou Senhora do sangue sagrado. A meretriz dos sucos vaginais. Sou aquela que encarna o pecado e habita as grutas infernais. Fui eu que te dei o desejo que desenhei no teu corpo todos os riscos do sexo. Fui eu que te embalei nos braços e disse a todas que eras mulher. Sou eu que ainda te guio nos descaminhos que inventaste. Sou eu que sustento as violações de um corpo que mutilaste. Tu, que és parte de mim mesma, esqueceste o lugar que te gerou. Tomaste um rumo avesso e contrário e renegaste quem te criou. Mas tu és lua, mulher e loba, e serás assim até o instante final. Não serás ferida, porque és cura. Não será dor, porque és prazer. Não serás culpa, porque és vida. Não serás certeza, porque és abismo!"


(Fragmento de texto retirado do livro:
A panela de Afrodite - Márcia Frazão)


A PRETENSA EMANCIPAÇÃO DA MULHER NA SOCIEDADE PATRIARCAL É ANTI-INICIÁTICA..

Jean Markale, professor, investigador e estudioso da Mitologia Celta, do Santo Graal, O Excalibur, do rei Artur e dos Cavaleiros da Távola Redonda, escreveu:

“A mulher é a Deusa Mãe. A mulher dá tudo. Dá sua energia para que o homem possa viver, para que possa empreender acções, para que possa colocar em marcha o plano de Deus. A Dama faz o Cavaleiro ser o que é e sem ela o homem não é nada, ainda que este deva ser capaz de poder tirar proveito da maturidade obtida graças a ela”.
*
Friedrich Nietzsche em suas Oeuvres posthumes (Obras póstumas) (Mercure de France, 1934, pág. 156) vê na "emancipação das mulheres" uma "masculinização das mulheres", quer dizer, "uma degenerescência dos instintos da mulher que arruínam seu poder".
Suzanne Séchath em La renaissance de l’initiation féminine (O renascimento da iniciação feminina) (La Maison de vie, pág. 29), nos adverte mostrando a diferença entre "iniciação feminina" e "feminismo", esse "movimento sociopolítico, desejo de revanche da mulher sobre o homem, o que é anti-iniciático". Esta obra de 190 páginas reflecte na base os mistérios egípcios e mostra que se o homem constrói o Templo, a mulher deve alimentar seu brilho. *
*
http://www.gnosis-ed.com.br/num009.htm

3 comentários:

Nana Odara disse...

Tô tão ansada hj q entrei aqui e tive a impressão de q o blog estava caindo no meio, como se as duas partes da lateral fossem mais altas um pouco, formando um v central... cansaço demais... amanhã eu venho ler com alma..com calma... e com alma tbm


ora bem, isso foi um ato falho?
kkkkkkkkkkkkkk

Nana Odara disse...

mesmo assim nao resisti e fui ler rapido...
uia... onde tem medusa tem "fogo" kkkkkkkkkkkkkkkk...
amanhã leio tudo

Nana disse...

Gostei muito do texto da Márcia...
blogando...
kkkkkkkkkkkkkkk...
mas hj não, hj não quero blogar nada... nem p falar mal de homem eu to prestando... kkkkkkkkkkkkk... é grave...