terça-feira, fevereiro 09, 2010

ESTE MUNDO DE MORTE...



Este mundo de insinceridade que existe dentro de nós, é uma coisa assustadora – nas nossas células, nas…oh! …


Mère


Nos pálidos confins onde a Matéria e a Vida se reencontram…

um sinistro mundo pigmeu…

Onde essa maldito feitiço tem a sua origem


Sri Aurobindo



"O novo mundo não é uma fuga – é uma conquista. Uma conquista bem difícil, mais difícil que a conquista do Sahara ou a ascensão do Everest -esses são jogos de crianças. Não tenho o hábito de exagerar. E se tu não és capaz de fazer essa batalha agora, onde te encontras, não serás capaz de a fazer mais tarde – é agora que tu passas a prova (ou não a passas).


…E isso torna-se efectivamente perigoso, porque o Novo Mundo não tolera um segundo de traição, nem um grão de pó de mentira – senão não se passa, e ele põe-nos fora e sabe ser perfeitamente brutal. Antigamente falava-se de “dragões” e de “serpentes” que guardavam o “Tesouro” – é uma tradução imagética do real. Tu não brincas com um dragão; se tu não fores puro, ele queima-te. Portanto a batalha é a pureza, é a sinceridade, é a honestidade, a simplicidade verdadeira e divina, senão és posto fora, e a segunda vez será pior do que a primeira. Não nos aproximamos das coisas graves e sérias sem perigo – mas o perigo é só para a insinceridade e para a impureza.


…Em que é que consiste a Batalha? É muito simples. O Sistema geral mundial, nós conhecemos (quer dizer, alguns conhecem; aqueles que tentaram sair). Esse Sistema, ele é cruel: forças implacáveis e muitíssimo malévolas estão em cada canto da rua a barrar os que vão “contramão”, e se tu estás em contramão, o Sórdido começa a mostrar os dentes. Mas se tu caminhares em passo cadenciado o Sórdido faz-te sorrisos e até as suas graças: ele chama-se Justiça, ele chama-se Poesia, ele chama-se Religião, ele chama-se Ideal – ele põe todas as máscaras para esconder a verdadeira história, a história sórdida. A mim, tiram-me bruscamente as máscaras aos 20 anos * (nos campos de concentração nazi onde o autor esteve ano e meio por fazer a Resistência) – e eis que passaram 40 anos em que eu vou em contramão. Eu conheço a cena.

Portanto, quando se tem coragem e se é um pouco obstinado sai-se do Sistema.

(…)

Então, o Novo Mundo, consiste em desenraizar o Sistema de dentro de nós. E finalmente o Sistema que tem raízes até no código genético e no fundo de cada célula, porque nós somos os filhos do pai que era o filho dos antepassados-pais que eram…toda a santa igreja e todo o seu Santo Horror. Tu compreendes a dimensão da Batalha? "

(...)

la vie sans mort - Satprem

6 comentários:

Gaia Lil disse...

A mim só me restou apelar para as velhas Mães da Terra , e isto de que me serve?

Estou cansada de tanto falatorio, falamos nos todas, as mesmas coisas mas nos custa ser acreditadas...

Até quando?

Se7e/5 disse...

Mãe de um feto violado, afirma sua inocência e prova que a agulha de tricô indiciada como arma do crime não correspondia ao número da embalagem. Abortilda Semedo, afirmou que vai processar a fábrica de agulhas pelo incidente que está provocando todos os problemas vividos actualmente com a justiça e opinião pública. Numa primeira justificação, ainda a quente, logo após o parto, a alegada violadora, confessou que tudo aconteceu quando estava tricotando uma camisolinha de seda para o seu pequenino rottweiler de 2 aninhos, já que ela costumava trabalhar nuinha e com as pernas bem abertas, só que nessa vez, incompreensivelmente, uma das agulhas escapou para dentro da vagina. “Eu achei muito estranho, mas não liguei e se não fosse um cliente a queixar-se que tinha sido mordido, dizia ele, pelo feto que estagiava no meu útero, ainda hoje andaria procurando a agulha nº 5,5”. Numa segunda explicação, Abortilda Semedo disse que “Se eu soubesse que estava prenha não teria enfiado uma agulha até ao útero, né?”

Rosa Leonor disse...

Gaia Lil não há tempo a contar ou a descontar e não sabemos como será...ou o amanhã se ele existe...a vida é presente e temos de estar o mais possível conscientes disso e de nós, dentro de nós, cada um e cada uma...o segredo é a interiorização ou a meditação, descubra dentro de si. há-de vir um momento em que tudo se fará claro.

um grande beijinho

rosa leonor

Rosa Leonor disse...

se 7 e 5...
você deve ser igual ao seu repulsivo texto e assim julgar ou pensar as mulheres...se é homem ou mulher não sei...mas podia ir para lugares mais interessantes ao seu estilo e deixar lá postas de prosa assim escabrosas.
Seria muito mais proveitoso para si do que vir aqui com a sua prosa...deve haver lugares com pessoas do seu estilo e que lhe reconhecerão o mérito e lhe darão atenção.
Aqui...enganou-se na porta. nem lhe devia responder mas respeito as regras da boa educação e respondi à letra.

rl

Gaia Lil disse...

Eu nunca esperava que alguem pudesse dizer um sem par de tolices tão horrendas assim...No seu blog...
Sim Rosa, você tem razão o caminho é para dentro e é nisto que vou me concentrar por enquanto, ser inteira e integral...Ler o que essa criatura falou deu me muito nojo e me mostro que ainda temos de falar bastante..Até quando fica dificil saber, mas creio que até mesmo Cassandra teve seus momentos de credito...A provas que ela conseguiu fundar Dodona, um cidade santuario da Deusa Mãe...É nisso que acredito que não devemos desistir, devemos insistir e interiorizar,insistir e interiorizar...

Que a Grande Mãe abençoe todas nos
Abraços Rosa

Juliana Xavier disse...

eu quero ir p Dodonaaaaaaaaaaaa...