"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

quinta-feira, julho 01, 2010

O ÓDIO E A IGNORÂNCIA DOS POBRES DE ESPÍRITO

MENSAGEM RECEBIDA HOJE POR UM/A ANÓNIMO FANÁTICO:

P deixou um novo comentário na sua mensagem "A MULHER REALMENTE MULHER":


IRIA TE XINGAR OU DIZER O QUANTO VOCÊ É UMA PESSOA IMBECIL. MAS VI QUE VOCE É UMA VELHINHA. UMA POBRE VELHINHA QUE DEVE TER ALGUM TRAUMA. ALGUM HOMEM DEVE TER TE ESTUPRADO E VOCE NUNCA POR ISSO TOCOU MAIS EM UM. NÃO SEI.
OU TALVEZ VOCE SEJA TÃO PRIMATA QUE LEU O CODIGO DA VINCI UMA VEZ E FEZ DELE SUA BIBLIA. REALMENTE NÃO SEI.
SEI QUE NÃO VOU MAIS TE OFENDER.
NÃO É BOM OFENDER VELHINHAS LOUCAS E PERTO DA MORTE.



QUE DEUS A TENHA.

QUE VOCE SEJA FELIZ.
FELICIDADES.
UM ABRAÇO.

««««««

RESPOSTA das SACERDOTISAS DA DEUSA MÃE...

Gaia Lil deixou um novo comentário na sua mensagem "A MULHER REALMENTE MULHER":

O mistério encerra-se em si mesmo e a ignorância também.
Penso comigo que as pessoas que se odeiam começam a agredir os outros porque não tem coragem de se agredir a si mesmas, embora se temam.
O Temor da mulher transformado em ódio e falsa anarquia é impressionante.

Nota-se uma pessoa vazia e destituída de personalidade.
Não se dê o trabalho de lhe responder.

Abraços e que a Mãe lhe proteja da inveja e do medo.
«««««
ah, ah, ah, ah...

Não minha querida, eu não respondo, nem tenho medo da Besta do Apocalipse...eu dei uma grande e
sonora gargalhada para exorcizar a peçonha e o veneno que o bicho cospe...uma sã gargalhada de bruxa e muito velhinha mesmo!!! Quase a morrer e de alegria de servir a Deusa Mãe...

Adoro ser velha
...
e louca e livre de não querer que aquele deus me tenha (salva eu seja dele!) nem ser feliz como eles, nem receber um abraço de ódio e pura ignorância...

Sabe, as palavras de ódio voltam-se sempre para quem as diz e sente; é como se diz em Portugal: "é pela b
oca que morre o peixe" ..
mas isto nem é peixe, é bicho!

É esta falta de alma e de espírito que destrói o verdadeiro sentido crístico e que apedreja as mulheres...

rlp

»»»»

Soraya Mariani deixou um novo comentário na sua mensagem "isto existe...e não é homem nem mulher...é coisa n...:

" Somos sim velhas enquanto jovens e jovens enquanto velhas"...Para falar sobre o feminino só é preciso sentir, só isso...nada como estupros, violência e coisas radicais...Mas já que somos mulheres que acreditamos que pessoas que ofendem os outros sem qualquer motivo estão na realidade pedindo ajuda...

Então que a Deusa abençoe toda sua jornada....que o sol ilumine teu caminho...que nunca falte amor em teu coração...e que quando você for velho
(a)...que tenha alguém para conversar com vc sobre as histórias de sua vida...as conquistas, os reencontros....Enquanto isso...Faça o seu melhor, mesmo que não pareça.....


Rosa de Vênus...Linda e Sábia amiga querida de tempos de tecelãs de sonhos.... "Nós gatos já nascemos pobres, porém, já nascemos livres..."
Com amor
Soraya

- Obrigada querida Soraya pelo seu amor e compaixão para com os pobres de espírito, porque eu não dei a outra face como eles quiseram e só devolvi o veneno...
aí eu sou bruxa mesmo!
»»»»

9 comentários:

Soraya Mariani disse...

" Somos sim velhas enquanto jovens e jovens enquanto velhas"...Pra falar sobre o feminino só é preciso sentir, só isso...nada como estupros, violencia e coisas radicais...Mas já que somos mulheres que acreditamos que pessoas que ofendem os outros sem qquer motivo estão na realidade pedindo ajuda...Então que a Deusa abençoe toda sua jornada....que o sol ilumine teu caminho...que nunca falte amor em teu coração...e que quando vc for velho ( a)...que tenha alguém pra conversar com vc sobre as histórias de sua vida...as conquistas, os reencontros....Enquanto isso...Faça o seu melhor, mesmo que não pareça.....

Rosa de Vênus...Linda e Sábia amiga querida de tempos de tecelãs de sonhos...." Nós gatos já nascemos pobres, porém, já nascemos livres..."
Com amor
Soraya

R149 3o75s disse...

Não se aborreça com esses despojos da natureza,R.Leonor. São corpos vazios e sem alma. São cascas de uma semente que não germinou. A ignorância e estupidez dessa pessoa, a engulirá ainda viva e ela será corroída pela própria insensatez; que o ácido e fel de seu estômago a vire do lado avesso em dores, e a faça lembrar a cada minuto, desde o momento em que te ofendeu até o momento em que prestará contas à Deusa.

Deixo um grande abraço para você, em nome de todos que te respeitam e admiram.

jozahfa disse...

Nada te pese que não te amem...

Gaia Lil disse...

creio que ele é um daqueles seguidores de Jeová ao estilo antigo:

A semelhança dos kurgos, os quais muitos milênios antes invadiram a Europa antiga, as tribos hebraicas que varreram Canaã, oriundas dos desertos do sul, eram formadas por invasores periféricos que trouxeram consigo seu deus da guerra: o feroz e ciumento Javé, ou Jeová. Eles eram mais adiantados tecnológica e culturalmente do que os kurgos, mas, assim como os indoeuropeus,
também eram dominados por homens muito violentos e belicosos. Em seguidas passagens do Antigo Testamento, lemos de que maneira Jeová deu ordens para que se destruísse, pilhasse e matasse — e como efetivamente tais ordens foram cumpridas. A sociedade hebraica tribal, assim como as dos kurgos e indo-europeus, também era extremamente hierárquica, dominada pela tribo de Moisés, os levitas. Sobreposta a ela havia uma
elite ainda menor, a família de Konath ou Cohen, sacerdotes hereditários descendentes de Aarão,
os quais representavam as autoridades supremas. De acordo com o Antigo Testamento, os homens deste clã declaravam que seu poder originava-se diretamente de Jeová. Mais ainda, os estudiosos
bíblicos nos falam de uma elite sacerdotal que muito provavelmente realizou grande parte do trabalho de reescrever o mito e a história que solidificariam sua posição dominadora. Por fim — concluindo e reforçando a configuração de uma sociedade de violência, autoritarismo e dominação masculina — encontramos a proclamação explícita do Antigo
Testamento de que a vontade de Deus seja a mulher dominada pelo homem, pois, à semelhança
dos kurgos e outros invasores indo-europeus que realizaram tamanha devastação na Europa e Ásia
Menor, a antiga sociedade tribal hebraica consistia em um sistema rigidamente dominado pelo homem. Mais uma vez, é imperativo salientar que tal fato não significa, nem com todo o exercício
da imaginação, ter sido a religião dos antigos hebreus — e muito menos o judaísmo — culpada pela imposição de uma ideologia de dominação. A mudança da realidade de parceria para a de dominação começou muito antes das invasões hebraicas de Canaã, ocorrendo ao mesmo tempo
em diversas regiões do mundo antigo. Além do mais, o judaísmo vai bem além do Antigo Testamento em suas concepções de deidade e moralidade, e na tradição mística da Shekhina ele realmente retém muitos dos elementos do antigo culto à Deusa.
Como foi visto, na verdade o culto à Deusa disseminou-se entre a religião dos povos hebraicos até tempos monárquicos. Ocasionalmente, houve também mulheres, tais como a profetisa e juíza Débora, que ainda ascendiam a posições de liderança. Mas, em sua maioria, a antiga sociedade hebraica era liderada do alto por uma pequena elite composta de homens. Sob uma ótica mais crítica, segundo o Antigo Testamento, as leis elaboradas por essa casta masculina dominante definia as mulheres não como seres humanos livres e independentes, mas como propriedade privada do homem. Primeiro elas pertenciam aos pais. Depois, tomavam-se posse de
maridos ou senhores, assim como qualquer criança que dessem à luz.
Segundo a Bíblia, crianças do sexo feminino e as mulheres de cidades-estados conquistadas, as quais, como diz nossa Bíblia do rei Jaime, "não conheciam um homem por deitar com ele", eram regularmente escravizadas, segundo as ordens de Jeová. No Antigo Testamento,
também vemos os escravos por dívida, que são denominados servos e servas pela Bíblia do rei
Jaime, e vemos como a lei estabelecia que um homem poderia vender sua filha como serva. E mais ainda, quando um servo era libertado, de acordo com a lei bíblica, sua esposa e filhos continuavam como propriedade do senhor.

O Cálice e a Espada, Riane Eisler

Rosa Leonor disse...

meus queridos amigos/as eu sei quem é quem e as almas não precisam de palavras para dizer o que são...essa energia chega longe até ao infinito de onde todos vimos...
Há seres que não são humanos e são esses que se agarram aos sistemas predatórios, ao ódio em nome do seu deus...são esses que se denunciam na sua linguagem e não há que ter medo. Eu Não tenho ...Não os alimentemos com a nossa energia, não lutemos com eles porque não terão qualquer importância nos tempos vindos...

Nada me pesa do que não ama...
Obrigada Jozahf...e Gaia Lil, Soraya, e R1...
abraço a todos e obrigada pela sintonia das almas.

rosa leonor

MOLOI LORASAI disse...

se não faz mal a você, Rosa filha de Leonor, faz mal a quem aqui lê...

Beto disse...

caríssimas, o que fazer? se mesmo entre os que seguem a Arte e se dizem "filhos/as da Deusa" ameaçam com exorcismo ou excomunhões quem tem a coragem de denunciar o estado da humanidade?
eu nunca vou deixar de ser sincero, honesto, com meu caminho, com a minha busca. eu nasci para incomodar os acomodados. eu nasci para acordar os adormecidos. eu conto com o apoio de quem realmente importa.

R149 3o75s disse...

Grande Beto,o meu voto de fé nos assuntos da Deusa, e a minha espada de sinceridade e conhecimento, estão com vc! Tu me parece ser um bom general.Meu "bando" se juntará ao seu.

MARCIA SILVA disse...

Querida , adoro amo tudo o que vc escreve ,sou sua seguidora sempre
admiro cultuo td o que provem de ti.Pessoas ignorantes é que mais veremos nestes tempos,a eles só resta
o dó,coitados.Mas enfim te adoro continue sempre assim minha DEUSA.