segunda-feira, janeiro 02, 2012

A BABEL DO MUNDO E OS SEUS REBANHOS...



CONFUNDIMOS ATRAVÉS DA NOSSA VISÃO PESSOAL LIMITADA, AQUILO QUE VIMOS NA VIDA DE SUPERFÍCIE,  COMO  UM VERDADEIRO DISCERNIMENTO DO REAL QUE ESTÁ MUITO PARA LÁ DA NOSSA "APRECIAÇÃO" SUBJECTIVA E PARCIAL DOS FACTOS...

"A maior perturbação da época que atravessamos vem da confusão e da multiplicidade de crenças e de opiniões. A agitação da vida utilitária, os falsos limites de uma moral convencional e de uma estética artificial, desviaram-nos do verdadeiro discernimento pessoal, e desse modo parece-nos que só um grande cataclismo poderia acordar a consciência.

Mas a nossa mentalidade confunde o discernimento do real com a mera apreciação pessoal, e o julgamento cerebral com o julgamento “verdadeiro”.
(…)
A massa dos seres humanos, cuja consciência é ainda nebulosa não experimenta a impulsão de um acordar individual, agrupa-se sempre em rebanho numa prudente expectativa.
(…)
A perturbação da nossa época caótica tem ao menos a vantagem de ter levantado as barreiras, e fazer estremecer os valores aos quais a sociedade não ousava tocar."
(…)

L’ Ouverture du Chemin – Isha S. de Lubicz


Sem comentários: