quarta-feira, abril 19, 2017

Até que a mulher saia do casulo...


PERGUNTA E REPOSTA.

- Será possível que possam homens e mulheres renascerem simultaneamente inteiros do patriarcado? M. M.

- Penso que não. O Sistema nunca deixará isso acontecer a não ser que paulatinamente as mulheres se vão consciencializando de si e os homens também como partes integrantes de uma completude. Mas é difícil para os homens abdicar do seu poder sobre as mulheres e de as inferiorizar ou submeter......
Vejo porém e sinto que há homens que se estão a aperceber disso, e que não se identificam com o patriarcado e o domínio pela força porque o seu lado feminino se está a manifestar - a emoção e a intuição - mas os homens tem um grande problema em admitir e reconhecer que o seu masculino sagrado passa pela mulher sagrada e só quando a virem como tal e se submeterem a Ela a Deusa-Mulher - ora o que eu acho é que muitos deles não quererem ser identificados com a mulher nem passar por ela...querem ter as prerrogativas do masculino e do feminino sem essa rendição, sem essa consciência, sem esse amor. É claro que o feminino anima está no homem como o masculino animus está na mulher, mas a minhas questão é sempre a mesma: enquanto a mulher não for inteira e não se souber em si e expressar esse potencial de forma unificada, como essência mágica e magnética é muito difícil tanto a mulher encontrar-se como ao homem reconhecê-la...

"...Primeiro: o homem deve passar por ela para passar a Ser. A Mulher toda a mulher, é a verdadeira iniciadora do homem, sua via para o Ser. Segundo: o sistema patriarcal privou o homem das mulheres verdadeiras, perigosas pela sua supremacia. Em resposta, a mulher deve tornar-se consciente da Mulher que nela dorme: já é tempo que ELA saia do casulo." *

Eu penso que os homens tem de se render a Deusa dentro deles e reconhecer a mulher como Sua (dela) manifestação e sem isso eles não podem expressar o seu masculino sagrado que só faz sentido passando pela Mulher...no sentido do Par alquímico e da união dos polos opostos complementares, do Rei e da Rainha...
Quero dizer e mais uma vez que sem Mãe-mulher não há Filho e sem Mulher-iniciadora não homem iniciado...dificilmente os homens aceitarão esta rendição à Natureza Mãe expressa na mulher que é a sua dádiva...eles recusam-na...e por isso a maltratam tal como maltratam e destroem a natureza etc. E vão para o cumes fálicos dos seus arranha céus e armas mortíferas...eles preferem a morte a submeterem à Essência Vida que lhes dá a Vida...esse é para mim o maior drama desta humanidade actual...e talvez desde há mais de 5 mil anos desde que eles destronaram a Grande Mãe e prestaram culto ao Pai e a deus e aos seus heróis...sempre homens!

Até porque - "A nossa civilização, baseada nos falsos valores do patriarcado, está em plena ruína, até no plano material. Para evitar a autodestruição, é preciso despertar o culto da feminilidade, que é o único a permitir o pleno desenvolvimento tanto do homem como da mulher."*

rosa leonor pedro


E AINDA A PROPÓSITO - O PODER DO HOMEM?

A NEW AGE tem-se vindo a apoderar aos poucos do Feminino Sagrado como movimento inicial de uma nova Consciência das mulheres, de libertação e independência dos homens e temos agora os homens a vir afirmar o seu Poder no terreno da Deusa por via do masculino sagrado? O Poder do masculino? O poder de serem homens? Quando é que o Poder do Homem lhe foi negado? Nunca...
Não entendo portanto esta miscelânea e a sua defesa porque os homens sempre tiveram o Pode...r: quer seja ele o poder temporal quer seja o religioso, e tendo tido sempre toda a liberdade sexual, e expressão de identidade, o que não é o caso das mulheres, e portanto um movimento que era de libertação do jugo das mulheres do Poder Patriarcal, com esta associação do homem ao movimento da Deusa, de novo a mulher está em risco de se perder de si ao se focar no Homem!
Se o homem quer fazer a incursão no Feminino, se quer fazer a integração do seu feminino, então sim, ele deve apoiar as mulheres pelo culto e devoção da Deusa Mãe e da Amante iniciadora - a Sacerdotisa do amor - e não de novo vir reclamar um Poder do Homem também no domínio da Deusa ... Inverter estes termos de novo é um perigo e implica a subversão dos princípios para voltar à estaca zero deste movimento, ou seja voltar ao domínio do Homem...
Digamos que O Poder do Homem se vem subtilmente estender agora sobre as mulheres dos Círculos, apoderando-se do movimento do Feminino Sagrado e voltando o seu Foco para o masculino e lá vão as mulheres - totalmente inconscientes de si - de novo cair na subordinação ao deus macho e ao falo e renunciar à sua essência-matriz...
De novo, como há 5 mil anos, um retrocesso cultural e histórico nos ameaça...
rlp
*André Van Lysebeth

Sem comentários: