segunda-feira, janeiro 04, 2010

A IMPERATIZ


A Imperatriz é a mulher diante do mundo do poder.

2010 é um ano da mulher, um ano do feminino, é um ano onde a mãe Terra irá dar a luz a novas realidades e percepções para seus filhos, nós. No Tarot Mitológico a Imperatriz está representada por Deméter, a Deusa da Terra e a Terra como Deusa, Gaia. Assim a Imperatriz é uma representação da Divindade em seu aspecto feminino e também uma representação do próprio planeta, que é o corpo da Deusa-Mãe. Interessante, a Terra é o terceiro planeta em relação ao Sol dentro de nosso sistema. Grávida, Ela, nossa Terra, esse planeta azul cheio de vida, quer parir uma nova humanidade.

Em termos do Tarot podemos traçar uma correlação com a vibração de Iemanjá, mãe dos Orixás, Senhora das Águas do Mar. Na Astrologia teremos como regente o planeta Vênus, que reforça a vibração feminina. Mas na verdade a Imperatriz é a própria consciência feminina manifesta, assim ela representa diversos arquétipos, diversas formas do Sagrado Feminino. Em termos de Orixás também temos que incluir Oxum e Iansã.

É bom lembrar que toda a vibração é polarizada, cabe a nós utilizar o aspecto positivo da energia para gerarmos beleza, harmonia, criatividade, inspiração, amor, arte e comunicação verdadeira, atributos próprios da Imperatriz. Assim é bom dizer que no Tarot não existem cartas boas ou ruins, existem padrões de energia simbolizados pelas cartas que possuem tanto o pólo negativo quanto o positivo.

Coincidência para alguns, sincronicidade para outros, temos também em 2010, ano eleitoral aqui no Brasil, três mulheres candidatas a Presidência da República: Dilma Roussef, Marina Silva e Heloísa Helena. Três manifestações da Imperatriz. Mas o que isso representa?

Representa a força atuante da mulher em nossa sociedade e a oportunidade dessa força se expressar com maior poder. Ainda mais se considerarmos que a maioria dos votantes são mulheres. No Chile, na Alemanha e na Argentina já temos mulheres no poder.

Naturalmente que a presença da mulher no poder por si só não altera a rigidez da estrutura política (lembram-se da Margareth Thacther, a dama de ferro?), mas tem um efeito simbólico interessante e pode representar uma flexibilização, uma maior sensibilidade nas questões institucionais.

Em todos os setores da sociedade a mulher se faz mais presente, seja liderando e sustentando a família, seja participando mais ativamente nos assuntos relativos ao auto-conhecimento, à psicologia, ao esoterismo e ao questionamento do papel da mulher e do homem na sociedade atual. 2010 representará uma presença maior ainda da mulher em todas as esferas da sociedade, e mais ainda da própria consciência feminina.

É interessante darmos uma olhada no que aconteceu no mundo no último ano de Imperatriz que tivemos, pois podemos identificar padrões que tendem a se repetir.

Vamos fazer um mergulho bem profundo aqui com o arcano da Imperatriz, não vamos ficar apenas na parte rasa, vamos fundo e vou aproveitar para linkar certos assuntos a vídeos esclarecedores que existem pela internet. Meu intento é usar através desse texto todos os recursos de mídia para demonstrar o que é a Imperatriz. Imperatriz também é mídia, é comunicação. Respirem, respirem fundo e vamos! Os mares da Imperatriz são profundos e transcendem nossas noções de bem e mal.

(...)


Copiado de :http://pistasdocaminho.blogspot.com/

Sem comentários: