"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

terça-feira, abril 23, 2013

UMA MULHER LÚCIDA...



UMA MULHER EM BUSCA DE SI...

"Terei de morrer de novo para voltar a nascer?

Vou voltar para o desconhecido de mim mesma e quando nascer falarei em "ele" ou "ela". Por enquanto o que me sustenta é o "aquilo" que é um "it". Criar de si próprio um ser é muito grave. Estou me criando. E andar na escuridão completa à procura de nós mesmos é o que fazemos. Dói. Mas é dor de parto: nasce uma coisa que é. É-se. É duro como um pedra seca. Mas o amago "it" é mole e vivo, perecível, periclitante. Vida de matéria elementar."

Clarice Lispector
in Água Viva

Sem comentários: