quarta-feira, julho 18, 2018

O FEMININO E O MASCULINO



OS DOIS LADOS DO SER


“Os Seres humanos têm dois lados distintos. O lado direito que abrange pela compreensão tudo o que o intelecto pode conceber. O lado esquerdo que é um domínio que escapa a toda a descrição; um reino impossível de apreender pelas palavras. O lado esquerdo pelo ser abrangido, se é que podemos falar aqui da compreensão, com o corpo inteiro; isso explica a sua resistência a toda a conceptualização”- Carlos Castanheda

“Temos, pois, nestas duas forças, uma que está tratando de se gastar para chegar a um estado d e equilíbrio enquanto a outra permanece inerte, em potencial á espero do estímulo. A última, a força feminina, poderá ser comparada a uma carga de dinamite, em cujas partículas está concentrada a energia em forma latente; enquanto a primeira, ou força masculina, pode ser comparada a uma chispa eléctrica, ou a um golpe de um martelo que liberta energia latente.

Estas duas forças são as que o esoterista chama de positiva e negativa, masculina e feminina, sendo a força positiva, ou masculina, a estimuladora, e a força negativa a feminina, mercê da sua energia latente, a que realiza o verdadeiro trabalho da criação sob a influência do estimulador masculino, tornando-se imediatamente impotente uma vez esgotada a energia do impulso estimulante. Onde quer que se encontre esta acção ou operação o esoterista considera que a relação sexual está presente, quer se trate do reino mineral, quer se trate do mundo da mente.”

(In A filosofia Oculta do Amor e do Matrimónio de Dien Fortune)

"Como mulher, eu tinha a obrigação ainda maior de cumprir esta condição. As mulheres, de maneira geral, são condicionadas desde a infância a depender de membros do sexo masculino de nossa sociedade para conceptualizar e iniciar as mudanças. Os feiticeiros, a cujo treinamento me submeti, tinham opiniões bastante definidas a este respeito. Consideravam indispensável que as mulheres desenvolvessem também o seu intelecto e ampliassem sua capacidade de análise e abstração, a fim de obterem uma melhor compreensão do mundo à sua volta. "

- Taisha Abelar, Travessia das Feiticeiras

Sem comentários: