quinta-feira, novembro 20, 2008

A VIOLÊNCIA PSICOLÓGICA CONTRA AS MULHERES NA POLÍTICA..

Não sou de direita nem de esquerda, nem nunca pertenceria a um partido que não fosse socialista, mas percebo que hoje em dia não há tal coisa como não há Democracia há mais de seis meses, muito mais de seis meses e ninguém se escandaliza...$$$$, porque a prepotência e o abuso é secreto e disfarçado de sorrisos optimistas...
*
Os Bancos roubam milhões, desviam centenas de milhares de euros e os seus gestores auferem reformas milionárias e os seus directores vêm por em causa os subsídios miseráveis dos desempregados, daqueles que trabalham uma vida para auferir uma miséria e indignidade? Que socialismo é este?
»»««
Mas vamos antes abordar o assunto que me interessa aqui, um ponto que muitas vezes referi. Basta uma mulher na política, ser deputada ou neste caso agora dirigente de um partido, fazer um discurso diferente que não "o politicamente correcto" ou seja: cínico, calculista e mentiroso, para imediatamente ser arrasada e a sua pessoa denigrida. Passou-se vezes sem conta com a Ana Gomes e agora passa-se com Manuela ferreira Leite.

Não tenho grande simpatia pela senhora, mas vejo que é verdadeira e como uma mulher integra ela expressa-se de maneira diferente dos políticos, manhosos, cretinos, falsos, bajuladores e cobardes. Nunca dizem a verdade, nunca são sinceros e quando uma mulher como é o caso se expressa sem essas manhas nem táticas políticas e diz o que efectivamente é verdade, é esmagada como seria em casa pelo marido...e isto até à violência doméstica, é um pequeno passo, como no caso de uma carta anónima que ontem lia no jornal de uma mulher ainda jovem, formada e com vários mestrados que era violentamente agredida pelo marido, CERTAMENTE POLITICAMENTE CORRECTO, primeiro psicologicamente e depois fisicamente, mas que não ousava denunciá-lo porque a família achava que são coisas de família e íntimas...que tal como em política, não se dizem as verdades!

Este Portugal nojento e retrógado, este Portugal de heróis do futebol com uma mascote exemplar enaltecida na sua vaidade saloia e susceptibidade de provinciano, de novo rico, como o é C. Ronaldo, este país rançoso, miserável e pobre, deslumbrado pelo dinheiro e pelo estrangeiro, que tem o seu melhor retrato no Futebol e em Mourinho, não é democrático há mais, muito mais de seis meses!!!
Mas porque uma mulher o afirmou com ironia, sinceramente ela é espezinhada pelos Media hipócritas e as aves de rapina que são os jornalistas sensacionalistas sem excrúpulos nem ética, para além de ignorantes e estupidificados pela grosseria do seu empenho, sem qualquer discernimento pessoal, só procuram o enredo e o escândalo e destruir pessoas.
RLP

3 comentários:

CÁ FICO disse...

Não tem a ver com ser mulher...ou esquece-se que aMinistra da educação também é mulher?
achefe laranja não serve para liderar....ponto final...

Anónimo disse...

Toda vez que um governante precisa de alguem pra descascar um abaxi político tem sempre uma mulher no cargo... por isso as ministras da educação e saúde são mulheres... e da Condolezza Rice, alguém se lembra... Eles ficam é na chefia dos bancos e das obras públicas, pq é onde sempre dá pra roubar mais...
Ah... vai ficar lá... cá fico eu!!!

Nana

Anónimo disse...

Abacaxi político