"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

sexta-feira, dezembro 12, 2008

A ditadura das ecomonias

ANTES VIVIAMOS SOB O DOGMA DAS GRANDES RELIGIÕES, AGORA VIVEMOS SOB A DITADUTA DAS ECONOMIAS…
EM NOME DO DINHEIRO, DOS BANCOS E DAS BOLSAS, SUAS CATEDRAIS, VIVEMOS TODOS DEBAIXO DO CONTROLO DOS SEUS DONOS E GESTORES.

Eles propagam o terror e nós vivemos todos cheios de medo de perder os empregos…

Acreditamos nos salários mais do quem em nós mesmos, acreditamos mais no dinheiro e nos bens de consumo do que nós próprias/os sentimos… Acreditamos mais nos Bancos e nas nossas contas do que na nossa capacidade de amar e compreender… Perdemos completamente a noção de é a Natureza Mãe quem gera toda a riqueza de que necessitamos, sem nos cobrar nada em troca, mas da qual se apoderam os ricos e poderosos para nos tornarem escravos do trabalho e do dinheiro!

Defendemos com unhas e dentes as promoções, as (não) avaliações, os ordenados, os lugares de chefia e sempre contra o outro/a, pomos acima de tudo os bens de consumo, mais do que a nossa paz interior e o bem estar do nosso ser…
Estamos sempre em conflito, ou em guerra uns contra os outros e julgamo-los os culpados dos nossos males sem vermos que somos todas/os manipuladas/os pelos Governos e líderes em todo o mundo…
Mas nós podemos fazer a diferença, se virmos as coisas de outro ângulo, doutro centro, que não a nossa mente; se nos conectarmos com o nosso coração podemos fazer o mundo mudar, mudando-nos a nós mesmas/os

E como diz Robert Happé:

“ As massas vêm sendo programadas pelos governos e religiões de forma a acreditar em suas políticas e orientações e desta forma as diferentes culturas de nosso planeta acabaram acreditando que conflito e competição são necessários e desta forma elas se fixam nisso. Precisamos agora acreditar em nós mesmos e nos concentrar na idéia de que todas as pessoas são importantes. Vamos visualizar a unificação, senti-la durante a meditação como se ela já estivesse acontecido e sua manifestação de fato acontecerá.

Quando nos conectamos com nosso centro cardíaco, estamos ao mesmo tempo nos conectando com nossa verdadeira essência, que pode então ser direcionada e infundida em toda a humanidade e suas civilizações, com a pureza do amor e da delicadeza que transformará todo o medo. Através do pensamento, leve a todos a mensagem de que chegou o momento de abraçar nossos irmãos e irmãs de todas as nações. É a mente que faz as coisas se manifestarem e possui o conhecimento de como fazê-lo. Quando pessoas com o mesmo tipo de pensamento se unem, a capacidade de se criar harmonia aumenta proporcionalmente ao número de pessoas que participam desse encontro. Seres extremamente amorosos do plano invisível, até mesmo nossos ancestrais, irão se unir a nós em nossas intenções positivas com muita alegria.. Somos todos feitos à semelhança de Deus, o que significa que possuímos a perfeição dentro de nós. Quando nos conectamos com essa perfeição sabemos imediatamente o que está correto. Isso pode então ser direcionado através da mente e expressado. Neste momento, você poderá claramente ver que somos unidos, apesar de que muitos não conseguem perceber isso devido ao tipo de programação que possuem ou devido aos pensamentos permeados pelo medo.” r. h.
*
Pode parecer utópico e impossível, mas se cada um/a de nós o fizer individualmente e em vez de entrar na energia de controlo através do medo ou nos desviarmos para outros centros de energia aprisionada, como o sexo, podemos estar a tempo de mudar o planeta.

O centro de união e libertação é o coração, não esqueçamos!

rlp

4 comentários:

Viajar Mais Barato disse...

Boas.
Agradeço que ao menos dê o crédito devido à imagem que colocou neste artigo. Se não o desejar fazer, peço que retire a imagem, afinal de contas está a usufruir de bandwith que não lhe pertence.

Obrigado

Anónimo disse...

Tem toda a razão, devia dar o crédito devido à imagem e só a retirei porque o texto não se coaduna com a sua publicidade nem com a do uso de imagens aliciantes de mulheres semi nuas para qualquer tipo de propaganda...seja de viagens seja de moda...etc.
mas agradeço ter-me chamado a atenção.

rosa leonor

Beatriz Nantes disse...

Olá, seu blog foi contemplado e faz parte da lista Santíssimas.org, unidas pelo Sagrado Feminino. Visite-nos: www.santissimas.cjb.net

Atenciosamente, Beatriz Nathus Dea

Anónimo disse...

Ah, mas o que é isso?
Agora vamos todos parar de usar as imagens que o Google oferece, afinal, devíamos tbm fazer um abaixo assinado pra proibir o banco de imagens do google, ja que o mesmo não fornce a identidade dos autores, nem mesmo uma caretinha pra indicar os mais chatinhos...
ah, se eu soubesse qual era a imagem, eu ia blogar no ato, e pode recvlamar a vontade...
Quem não se blogumbica não se comunica... kkkkkkkk
Nana