"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

sexta-feira, dezembro 05, 2008

Olhando para dentro...


A IMPORTÂNCIA D' Os Chakras

– centros de energia do ser Humano

"Os Chakras fazem parte de um conhecimento ancestral proveniente da religião única da Terra, mas que têm a designação da tradição Indiana. Segundo esta tradição os chakras são como uma planta de Lotus. Dentro da terra estão as raízes, o caule está na água e a flor está no ar recebendo a luz do Sol. Esta é uma óptima analogia á estrutura dos chakras:


Eles têm as suas raízes no corpo físico, representadas pelas glândulas endócrinas e órgãos; Os seus “caules” estão representados pelo sistema nervoso e pelos canais e meridianos do corpo etérico ; e as flores estão no plano astral recebendo a energia do Universo.

Na tradição Indiana existem três tipos básicos de Sol ou fontes de Energia Universal:

Sat, Tsit e Ananda. Ou seja vontade, consciência e graça. O Sol Sat ilumina os Chakras inferiores* e que se reflecte nos planos inferiores de existência. O Sol Tsid, é o Sol da consciência e ilumina preenchendo com energia os chakras “superiores”. E o Sol Ananda, dá a luz do Amor Divino, alimentando os chakras médios. *(relativamente à posição no corpo Humano, já que todos têm a suas funções e importância que faz parte de um todo).

Podemos considerar 7 Chakras principais:
Começando pela parte inferior do corpo temos: Muladhara, Swadhistana, Manipura, Anahata, Vishudha, Adjna, Sahasrara. Cada Chakra tem as suas características e elemento associado.
(...)
Meditação é um voo mais alto, é a criação. Ao mesmo tempo se os canais não estiverem limpos não vai conseguir controlar as suas emoções. E então qualquer sentido vai tirá-lo do estado de meditação. Vai ter preocupações e pensamentos; “ alguém me deve um euro” e imediatamente vai esquecer-se da meditação. Vai ser completamente controlado por este pensamento, e os pensamentos controlam a mente. Devemos aclamar os nossos pensamentos, devemos esvaziar a mente. "

(Via Internet) Palestra por Altai Chi

1 comentário:

Anónimo disse...

ca estou eu...
kkkkkk...
mas o tempo escorre pelas minhas mãos...
tenho tantas saudades de ler o seu blog diariamente...
assim rapido o timing é diferente... é quase afogar-se qdo a sede é muita...
sei lá qqr coisa...
precisamos falar...
sobre as nossas seundas feiras...
estou lendo os monologos da vagina... vamos falar sobre isso tbm...
suuuuuuuuuuper beijo
Nana