quarta-feira, dezembro 17, 2008

SER CONTRA A FELICIDADE É ABRAÇAR O ÊXTASE


A FELICIDADE É APENAS UM MITO

- Este artigo que acabo de publicar no poste abaixo, do jornalista brasileiro Arnaldo Jabor por princípio refere-se ao Brasil mas é igual para Portugal e estou certa para todos os países que hoje em dia se julgam civilizados, países que não fazem supostamente parte do 3º mundo e que face a dramáticas realidades foram tomados da euforia pela ideia de alternativas fictícias...

Passámos de alienados do consumo para a alienação e propaganda de curas maravilhosas e estados alterados de consciência que não querem dizer nada e tudo isso em nome da felicidade ou da salvação que nunca fizeram parte da realidade humana.

Se antes a religião nos iludia hoje em dia iludem-nos os mercados da pseuda espiritualidade. Em que se propagam e vendem todo o tipo de mezinhas e mensagens vinda dos além, não apenas vindas dos simples mortais desencarnados mas de altas individualidades do cosmos, desde Anjos a grandes Mestres que "os canais" (os novos médiuns) tratam por tu e sem mais cerimónias e que nos comunicam verdades supremas mas que, no plano humano,não nos servem praticamente para nada, mas sim para adiar a consciência da nossa realidade íntima. Por isso eu continuo a duvidar desta facilidade...e que me desculpem as minhas amigas e amigos, os novos crentes desta Nova Era, mas eu acho que os canais continuam muitos sujos e a água não sai tão limpa quanto pensamos; é preciso ter cuidado com a água que se bebe...

A cólera é um grande perigo e há muitos tipos de cólera no mundo.

O melhor mesmo é ir à fonte, mas para ir à fonte é preciso muito trabalho...às vezes é preciso andar por montes e vales e caminhar pelos nossos pés...ou mesmo caminhar às cegas... até a encontrar!


É MESMO ISTO:

"A maioria se esconde atrás de sorrisos tensos porque tem medo de encarar a complexidade do mundo, seu mistério impreciso, suas terríveis belezas. Para fugir desta contemplação atemorizante, nos perdemos em distrações vãs e em um bom humor programado. Somos de uma natureza incompleta, somos de vagas potencialidades, e isto faz da vida uma luta constante em face do desconhecido. Usamos uma máscara falsa, sorridente, um disfarce para nos proteger do abismo. Mas, este abismo é também nossa salvação. Ser contra a felicidade é abraçar o êxtase." A.J.

- HOJE JÁ COMPREENDO O QUE DURANTE MUITOS ANOS NÃO ENTENDIA, O QUE QUERIA DIZER FERNANDO PESSOA QUANDO ESCREVEU: "QUE SÓ LHE ERA PERMITIDO SER FELIZ NÃO O SENDO"...

Não só a felicidade é um mito como a verdadeira felicidade consiste numa certa tristeza, ou melancolia, como diz o autor, permitam-me o aparente paradoxo, pelo menos para quem escreve...para quem não persegue o que é fácil e imediato...para quem não compra o que a sociedade nos quer vender a todo o preço!!!

rlp

3 comentários:

Anónimo disse...

Belíssima escolha de tema e texto, Rosa...
Aliás o do post abaixo tambem.
Quando li, adorei -e recomendo (até postei s/ ele) o livro do Terence Mckenna "O Alimento dos Deuses". que é fantastico a nível de ideias e bem desmistificador de muita coisa que se fala s/ substancias "proibidas".
Abraço
Marian

Anónimo disse...

Oh Marian,
eu sou preguiçosa mesmo para responder aos comentários. estou sempre atrasada e fora de prazo...
obrigada pelas suas palavras.
Gostava imenso de ler o livro do autor. Mas não sei se ele está editado em Portugal. Como é que o conseguiu? Quer trocar pelo meu???

Ah...Ah...era um truque para finalmente nos encontrarmos...

um abraço

r.leonor

Anónimo disse...

Eu vou estar consigo nas próximas 2 semanas +/-, Rosa... queria mesmo ver se antes do final do ano!
Ao vivo e a cores... rss...
sim, eu sei, faltam só 11 dias!
(Corre, Marian! tens que entrar em 2009 já "encontrada" com a Rosa!)
Quanto ao livro do Terence McKenna se eu o vir por aí à venda , levo-lho com muito gosto.
Se não, aqui deve encontrar "o pao dos deuses" disponível: http://catalogolx.cm-lisboa.pt/#focus
(procurar por autor)
Abraço
Marian