segunda-feira, outubro 31, 2011

AS VERDADEIRAS BRUXAS...



MARCIA FRAZÃO:
"- Escritora, anarco-feminista, caótica, visionária, ensandecida, alucinada, caipira, pós-moderna, lunática, brasileira e bruxa (trecho do blog da escritora). Como alguém descobre que tem esse dom?" (Ademir Pascale)

"- No momento em que a gente se assume como ser sensível e participante, no mundo. Quando a gente reconhece no rosto do outro, a sua própria face. Enfim, quando assumimos que fazemos parte de um Todo."
Márcia Frazão



É ELA QUE NOS DIZ...
E EU CONCORDO COM ELA

"Não sou "boazinha". Tenho a coerência por bússola. Não digo coisas para agradar a maioria e depois ferrar comigo mesma. Aos sessenta anos de idade posso dizer que engoli poucos sapos e, garanto, vomitei quase todos. Num mundo onde o "amor incondicional" virou tópico de vida auto-ajudada, posso dizer que "sartei fora". Quando amo, amo com todos os líquidos do corpo e da alma; quando odeio, odeio com todas as tripas. Amo por coerência e odeio também por coerência. Coerência... eta palavra esquecida num mundo neopositivista."
Por: Marcia Frazão

Sem comentários: