sábado, março 23, 2019

AS MÁS MÃES...



" Eu saí de casa porque eu ia morrer, ele me colocou uma almofada no rosto dizendo que desta vez eu morreria mas que ele não deixaria traço. E quando você está assim perto da morte, você se defende é só animal, eu o mordi, eu chamei rápido a policia, o médico. Eles chegaram e aí ele apresentou queixa por golpes e feridas." Annie


HÁ MÃES E MÃES E HÁ MÁS MÃES?

Há mães más, sem duvida...há mães desnaturadas, há mães que não queriam ser mães e foram obrigada pelas circunstâncias porque ficaram grávidas ou foram forçadas a casar; há mães pobres e desgraçadas como há mães mal tratadas como se fosse a coisa natural desde sempre…

Há mulheres que não teriam apetência nem natureza nem disponibilidade para serem mães...há mulheres que querendo ter filhos não os amaram porque não sabiam e sobretudo porque se odiavam a si próprias...outras que amaram demasiado e cegamente e tiveram-nos por pura compensação do seu vazio. Outras eram histéricas e loucas.

Como ser boa mãe se ao longo das décadas, quase todas as nossas mães e avós e tias e mulheres pobres e até ricas e rainhas do passado que aturavam maridos violentos e bêbados, impotentes e prepotentes e que sempre se serviram das mulheres para apagar os seus ódios e as suas frustrações...todas essas mulheres sofreram horrores de opressão e dores, humilhações e sevícias como hoje isso acontece e cada dia mais à vista de toda a gente…

É esta humanidade filha - filhos e filhas - dessas mães desrespeitadas, tantas delas espancadas só por serem mulheres, foram as mães de gerações e gerações de homens e mulheres…

Sim, há mães que são apenas mulheres desgraçadas, despojadas de tudo e de essência, sem qualquer consciência de si nem como SERES humanos, esvaziadas de sentido da vida que não seja um homem para as validar sustentar a casa ou dar dinheiro - e os filhos neste caso são como em 80 % dos casos, meros acasos de coitos forçados e mal paridos, instrumentos nas mãos de gente inconsciente incompetente e sem educação...Crianças inocentes na mão de gente miserável e pobre... É fácil pois olhar para essas mulheres desnaturadas, uma vitima de violência doméstica e psicológica e sabe-se la que mais e a outra uma mulher sem alma perfeitamente robotizada pela vida mesquinha e miserável que tem...está na cara! Sim para preservar um homem as mulheres são capazes de tudo. Até sacrificar um filho...fingir que não vê a filha ser abusada pelo pai...

A maternidade é das mulheres mas nem todas têm essa apetência ou predisposição e menos ainda  preparação e capacidade...se olharmos a condições para a maternidade das mulheres pobres e ignorantes ou dos pais abusivos e anormais cujo nível mental é do mais básico, gente primária, bruta e ignorante e analfabeta percebemos como eles podem formar "famílias" completamente desnaturadas e disfuncionais. 
E que podemos esperar de gente que vê lixo todos os dias nos programas televisivos? Que educação ou formação podem ter essas pessoas a assistir todos os dias a programas repulsivos e do mais baixo nível em canais populares em que se difunde e assiste a todo esse lixo humano aviltante, degradante sobretudo para as mulheres? 



rlp

1 comentário:

Anónimo disse...

Meu querido amigo, concordo com você sobre a importância de recuperar a deusa-mãe na sociedade, mas essas mulheres existem. Eles existem nas comunidades indígenas da Amazônia ... Por que você não sai de Portugal e conhece outras mulheres que não são européias? Tenho certeza de que ele mudaria seu ponto de vista. Misture-se com mulheres indígenas, negras e ignorantes e depois me diga se o mundo da deusa da mãe-terra é viável?