"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

quinta-feira, junho 18, 2009

A IMAGEM DO FEMININO ESSENCIAL



O OLHAR MADURO DO HOMEM QUE SE REVÊ NA MÃE...E NA MULHER!

"(…) gestos femininos bonitos sempre, a delicadeza com que as mulheres tocam nos objectos, a harmonia dos dedos: somos pesados e sem graça, nós os homens, ao pé delas. Pesados, brutos, canhestros: não possuímos seja o que for de ave ou de nuvem, a nossa carne é densa e gaguejante.

Dá-me uma paz de eternidade ver uma mulher numa casa, o modo como o seu corpo habita o espaço, a forma como vestem, de si mesmas, os compartimentos, com um simples passo, um simples olhar. E depois uma espécie de inocência primordial, de leveza habitável: devo ter sido muito feliz na barriga da minha mãe, por dentro da sua voz, do seu sangue.”

António Lobo Antunes, in “Eu, às vezes” (Visão, Dez. 2007)

COPIADO EM: http://saberdesi.blogspot.com/


***
As Mulheres são a Deusa e a Terra: elas dão à luz filhos e criam comunidades cooperativas, formam lares e civilizações.
*
"Enquanto os homens fazem a guerra, as mulheres fazem paz: enquanto os homens fazem tecnologia, as mulheres fazem humanismo, quando os homens fazem o caos, as mulheres criam compaixão, sensatez e ordem. Reconhecendo a sua real influência, as mulheres se conscientizam do quanto são importantes e fundamentais para a sobrevivência de nosso planeta e de que se amarem-se a si mesmas é apenas um sinal de respeito que se deve a vida e Deusa .
Para as mulheres, qualquer cura significa a cura do respeito e do amor que elas devem ter por si mesmas, bem como da sua auto-imagem feminina."
(...)

COPIADO DE: http://templo-da-deusa.blogspot.com/

2 comentários:

Anna Geralda Vervloet Paim disse...

Rosa,lendo estas belas palavras sobre a mulher,vi que se completavam as imagens do poema que postei no meu blog.

http://wwwjaneladaalma.blogspot.com/2009/06/sejam-as-mulheres-como-as-rosas.html

Abraços

Rosa Leonor disse...

Já vi Anna...gostei muito..obrigada pela sua gentileza sempre.

abraço

rleonor