sexta-feira, dezembro 07, 2018

AS DUAS FACES DE TUDO...



DE VEZ EM QUANDO ACONTECE...

Ontem discutia com uma amiga, alegre, voluntariosa, optimista...Ela insurgia-se com a minha tristeza, a minha dor...e perguntava-me se eu não via o lado belo das coisas, se a minha vida não tinha tantas coisas boas e bonitas? 
E eu tive dificuldade em dizer-lhe que tenho - sim tenho muita paz e amor e muita coisa boa na minha vida - mas igualmente tenho o seu contrário...e que as coisas para mim tem todas o mesmo peso, ou seja tudo tem os dois lados. 
A Rosa tem espinhos...a serpente tem veneno...o amor contem o ódio em germe, o prazer contem a dor...a noite esconde o dia e vice versa e a juventude contem a velhice como a árvore contem as raízes...e a vida a morte...
Mas como dizer-lhe que a beleza da vida para mim está nisto... no compreender que ela é mesmo feita de tudo isso e que podemos olhar do fundo da alma sem oscilar entre o bonito e o feio e sem nos deixarmos tocar por nada...?

rlp

Sem comentários: