quarta-feira, junho 17, 2009

A "OS CAÇADORES DE SIMULACROS"...


Os Caçadores de Simulacros

"O artista, o poeta, o escritor, os que perguntam: todos são caçadores de simulacros, incansáveis calculadores de improbabilidades. Pombas ou abutres, frágeis canários ou escondidos melros, raspam, rasgam, rompem, sempre roendo as suas próprias garras. O invisível que há neles então emerge."

Ana Hatherly, in 'Tisanas'
*
Por aqui, a linguagem é das deusas e também das mulheres. Mulheres sábias, simples, rainhas, bruxas, videntes, curadoras, poetisas e escritoras; todas as mulheres que se revelaram na sua essência ou que na sua busca se transcenderam. Deusas do passado, arquétipos, modelos, mulheres de hoje e de ontem, sem obedecer a nenhum estereótipo, preconceito ou tabu…
A Mulher essência, A MULHER UNA, para lá de todas as fronteiras e medos, a Mulher autêntica que se quer liberta mas plena de dignidade e grandeza. A mulher que não cede à facilidade nem às manhas da sua mente ardilosa, que não se deixa corromper, não se vende nem trai a sua essência…a sacerdotisa eterna, a mãe e a amante por excelência…

Aqui sou livre, mas opto pela ética e pela estética, pela alma e pelo espírito da mulher e pela elevação do seu corpo como altar do amor e não como profanação do mesmo.
Na medida das minhas possibilidades lutarei sempre por padrões de coerência e harmonia. Não me interessa o debate nem o confronto de ideias nem de opiniões. Publico sempre que me agradar o que mulheres e homens trazem ou acrescentem de positivo ao meu ponto de vista e à minha estética, à dimensão do sagrado e à união dos dois em um. Ao equilíbrio do feminino e do masculino. Seja um leitor, escritor ou anónimo…
Mas não suporto vulgaridade nem banalidades...Evito-as sempre embora possa cair na tentação por vezes. Não pretendo impressionar ninguém, nem agradar a gregos e a troianos…
Lamento para quem gosta de chocar ou criar confusão. Por mim já me basta a minha sombra e os meus dias maus...O que em mim não presta, e procuro sempre estar consciente disso, faço reciclagem e deito no lixo sem forçar ninguém a partilhá-lo comigo…
Confesso que não percebo alguns comentários, mas são todos livres de o fazer. Lamento apenas que de forma cobarde ou agressiva, gratuita...Mas não temo os invasores, nem os delatores, nem os abusadores. Não acuso nem ataco ninguém.
Quanto a mim e os efeitos da maldade gratuita ou da raiva ou da inveja ou da calúnia, tomo-o como veneno que é o melhor antídoto… tomado de coração aberto cura todos os males….e quanto mais arder melhor! Mais profunda é a cura da alma que ainda crê na bondade humana…
****
PS.
Acrescento que pessoalmente me custa muito qualquer mal entendido ou magoar alguém sem razão. Em momento algum quero ferir susceptibilidades ou criar atrito. Nunca falo de ninguém em particular. É a minha maneira de ser. E espero que não levem de forma pessoal o que eu respondo de forma generalizada. Muitas vezes aproveito os comentários para desenvolver o que penso e com isso não quero atingir a pessoa pelo que ela disse, mas alargar a ideia de forma mais abrangente. Se alguém se ressentir através de um mal entendido, peço imensa desculpa.
rlp

7 comentários:

Gaia Lil disse...

Sim rosa tendes razão...Cada um faz sua escolha e o seu caminho e todos os caminhos convergem para o mesmo lugar.Isso é a Vida não é mesmo?

Gostaria de te Conhercer pessoalmente a Deusa o sabe.
Saiba que ha sempre em mim alguem que aprecia suas ideias e gosta de estar em seu blog e ler o que vc pensa.Te aprecio

Anónimo disse...

MInha querida alma...
a distancia e as palavras muitas vezes nâo ajudam a compreender as diferenças e as semelhanças.
Os corpos e as almas, o feminino e o masculino muitas vezes cavam essas diferenças, mas só na aparência. As personalidadas e as susceptibilidades, muitas vezes enganam acerca de quem é quem...
Quem somos nós por detrás da máscara e da forma? Almas que se buscam e se perdem, se entregam e se degladiam...que parecem ser e não são o que julgam ser.
Se me conhecesse talvez se decpcionasse...ou talvez não. Gostava também de conversar consigo e ajudá-la se pudesse a integrar a sua dualidade...a acalmar a sua criança ferida e as suas dúvidas...podia fazê-lo como uma mãe ou uma irmã mais velha, muito mais velha! Mas aqui o importante são as almas que se conhecem e sabem mais do que nós pensamos. Os corpos podem ser o que são, novos com almas velhas e nobres e corpos velhos com almas novas e fúteis, mas todas eternas..
Confesso que nem sempre me apetece escrever tendou responder sem conhecer a pessoa. Não me leve a mal. é bom que você me entenda e não se ofenda comigo. Quem sabe um dia você viaja à europa ou eu vou ao Brasil.
- um grande e terno abraço
rleonor

Gaia Lil disse...

Outro para ti so queria explicar que quando escrevi aquela poesia não tinha aintenção de me referir a vc indiretamente ou diretamente...rs é que eu havia penas melembrado do nome de umpoeta e tinha decidido postar!
Mas creio que talveis inconcientemente eu tenha pedido sua resposta?
Bem não exiji e não exijo resposta....A um certo problema na internet acabamos levando tudo na presuposição e como um dia ouvi nos seres humanos temos muitos pontos segos...ainda bem se vessemos tudo acho que nme sairiamos de casa....

Quero que saiba que profundamente não foi minha intenção me mostrar ofendida nem exigi nada...Rs um serie de mal intendidos..Mas vá lá eu gosto do que vc fala e te aprecio ou melhor aprecio seu blog...Mas nada cobra a ti e nada desejo de ti a não ser a amizade...mas quem sabe algum dia não ha concretizamos...Sabe no fundo sou como vc não creio na internet como veiculo de amizades...para mim a amizade deve ser solida e real .Espero não ficar repetitiva mais aprecio seu blog e seu trabalho .Gostaria de afirmar que gosto de Ti mais para isso precisaria conhece la pessoalmente e se o destino quiser nesta ou em outra(vida!0talveis nos conheçamos..rs saiba que gosto do que diz e gosto do que pensa.

Não gosto muito de elogiar mais apesar das criticas vc merece.
NUNCA PERMITA QUE TE COBREM ALGO pos esta é apenas uma maneira mais....digamos refinada de controle assim como Boas Bruxas que somos nada podemos cobrar de uma a outra.Beijos

PS:eu acabei de suspirar eu ia escrever "minhas feridas estão se curando..."mas seria falatr descaradamente a verdade. Mas enquanto eu sentir o prazer do tranze e o poder da Deusa ainda valhera a pena.

E as suas desejo que se curem do fundo do meu coração.Qualquer ser feminino é portador de feridas(digo por esperiencia propria)mas a nos é dado um segredo maravilhoso :oDom da cura um presente a todas as mulheres

De uma Persefone ainda em desenvolvimento para uma Hestia Madura.Com todo o carinho e amor de minha alma.

Anna Geralda Vervloet Paim disse...

Rosa,encontrei este interessante artigo,não sei se já leste,em todo caso,deixo aqui o end

http://holosgaia.blogspot.com/2009/06/o-reino-das-mulheres.html

abraços

Rosa Leonor disse...

Anna, muito obrigada pela indicação. Já publiquei em tempos excertos do livro sobre as mulheres de Mosuo...ainda não o li, mas ele foi editado há pouco tempo em Portugal.
agradeço a sua presença e interesse em partilhar informação.
um enorme abraço

rleonor

Rosa Leonor disse...

Gaia lil:

Desculpe mas eu não me lembro do poema que fala...nem senti que você conrasse algo. Eu é que estou em falta por não rsponder ao seu email, mas nem sempre consigo ficar muito tempo na internet. Venho, faço a página leio os emails e desligo o computador. Não quero ficar viciada...gosto de ler e escrever no meu tempo livre mas na internet o meu tempo só se resume à minha página e uma passagem pelos amigos/as...

Como já percebeu não respondo muitas vezes aos comentários e depois junto tudo e respondo num texto que publico.
Eu não sou susceptível nem me aborreço facilmente. só não gosto de taições a princípios básicos, como a vulgaridade e o plágio...mas até isso eu compreendo e aceito, só que não quero para mim.
esteja sempre à vontade comigo.
Pode dizer-me tudo o que quiser nada me choca...
- os elogios quando são sinceros e justos fazem-nos bem, mas só se depois as críticas não nos afectarem. Porque sempre que alguém nos elogia, vem logo outra que deita abaixo. É assim a vida...experiência de Héstia...
Não se preocupe com o que as pessoas pensam!
abraço grande

rleonor

Rosa Leonor disse...

atenção ao erro: conrasse, quer dizer: cobrasse...
rl