"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

domingo, junho 21, 2015

HOMO-EROTISMO VERSUS MACHISMO



"ESSE CULTO OCULTO DA MULHER AINDA ESTÁ VIVO: SEUS ÍDOLOS SÃO, POR EXEMPLO, OS CARTAZES DAS MODELOS, CARICATURAS MODERNAS DA MULHER VERDADEIRA, CRIADA POR MACHOS PARA USO DE OUTROS MACHOS."*
 
DO ANTIGO CULTO DA MULHER E DA DEUSA
Á AVILTAÇÃO DA MULHER OBJECTO:
 
Cada dia que passa vejo com espanto redobrado como se reproduzem e  aumentam, as imagens degradantes de mulheres na publicidade, como se dá  esta  proliferação em massa de imagens de mulheres cujo "rosto" é apenas uma bunda moldada a silicone e os homens (serão os homens?) cada vez mais fans dessa redução da mulher ao seu traseiro...
 
Um corpo cada vez mais sem rosto...
 
Cada dia que passa vejo aumentar mais a publicidade comercial de mulheres de bunda "ao léu"...e todo o tipo de anúncios a fomentar este género de imagens absolutamente redutoras da mulher - seja no facebook, nos jornais da bola, em que elas a-bunda-m, por exemplo, ou em revistas de pornografia e não só...pois até jornais ditos "sérios" recorrem a essas imagem para vender...- como se tratasse de uma espécie de um novo "erotismo" ou como se isso tivesse a ver alguma coisa com a verdadeira mulher...
Não, essa publicidade nada tem a ver coma Mulher Real...ou com a realidade da Mulher! E muito menos com o prazer da mulher  verdadeira...
 
Apesar de saber que hoje em dia até há mulheres que defendem as relações anais como coisa natural e fazem a sua apologia,  o que eu penso é que esta é só mais mias uma forma degradante de ver a mulher ou as relações sexuais entre heterossexuais (degeneradas e sem amor - comercializadas e mecânicas tomadas como "prazer"- como o sado-masoquismo) e representar a mulher desta maneira é uma forma banal de aviltação, não só do corpo como da essência do feminino e da sua matriz, sendo o resultado da sua degradação como ser humano nos dias de hoje na subcultura da moda e a redução do Ser aos mais baixos instintos, aos instintos do predador.
Esta forma de olhar a mulher pelos Mídias em geral reflecte a maneira como o homem (e a mulher) estão cada vez mais afastados da sua verdadeira natureza ontológica e da própria sentido da Natureza, e que ao deturpar os corpos desta maneira e o próprio prazer da mulher o fazem  negando cada vez mais e de forma acintosa, o Feminino, a Mulher e a Mãe...
Este  mundo patriarcal marcha cada dia mais para a negação absoluta da mulher natural, da mulher real e do Principio Feminino e este é só mais um ataque do machismo secular ao feminino ontológico e à Mulher essência que começa agora a ser resgatado por muitas mulheres conscientes do seu valor e do seu verdadeiro feminino.

No caso da publicidade em geral, tanto aqui como no Brasil e talvez no resto do mundo, creio que esta "moda" revela um homo-erotismo e a homossexualidade latente da maioria dos homens que se não atrevem a confessar ou assumir a sua homossexualidade, e também pelo facto de os publicitários e estilistas ou realizadores serem maioritariamente gays.

Nada contra os gays, mas tenham a coragem de fazer cartazes com homens de "bunda" para o ar, ou com a bunda torneada cheia de músculos ou de silicone e não usar as mulheres para a sua inversão e devaneios e para o seu belo prazer! Mas também sei que as mulheres deviam tomar consciência de si e de como estão a ser usadas e a ceder à propaganda gay aviltando-se e vendendo-se e que o fazem ainda muito jovens por fama ou para entrar em telenovelas e isso acontece cada vez mais!

TESTEMUNHO de UMA LEITORA BRASILEIRA 

Rosa, você colocou em palavras uma desconfiança que eu mesmo tenho em relação a essa tara dos brasileiros por bundas que em última análise é a tara por sexo anal. Em qualquer banca de jornal brasileira ou tv o que mais se vê são as mulheres exibindo suas nádegas para o deleite dos machistas brasileiros. Ficava pensando se isso não denotava, duas coisas: uma a verdadeira fantasia do homem, que era o seu desjo inconsciente por outro homem e outra a mulher de quatro, servindo ao homem como um gay, e sem o seu rosto ou seios para lhe mostrar que ali estava uma mulher.

Talvez essa seja mesma a preferência nacional, como ouvimos dizer o tempo todo aqui na imprensa brasileira: o sexo anal realizado pela mulher, mas no íntimo desejado ser praticado com homens. (Igaci)

 
*André Van Lysebeth - in Tantra O culto da Feminilidade
 

1 comentário:

vania jones disse...

... entretanto os instintos do predador são outros... vende mais a imagem do rabo de uma Mulher pq é francamente belo, olha se as capas de revistas cartazes publicidades etc etc exibissem um rabo masculino? vendia tanto? enchia os bolsos dos capitalistas sem coração? a beleza é uma mas o desejo é outro... pseudo machos. tenho dito.