terça-feira, setembro 21, 2021

UM MUNDO PARTIDO EM DOIS...


UM PEDIDO PARTICULAR

Gostaria de pedir especialmente as leitoras deste blog que possam ser ainda assiduas - se é que existe alguma - se poderão deixar-me um sinal da sua presença nos comentários. Estou a fazer uma sondagem para saber quantas leitoras e leitores ainda aqui vem para saber se de há vinte anos atrás ainda existe alguma leitora e se são ainda visitantes desta página e do Blog. 

O fenómeno Facebook e o Instagram destruíram a profundidade e seriedade de algumas partilhas de pessoas que apostavam neste meio para comunicar e interagir. O que foi também o meu caso, mas sem nunca deixar este espaço...

Entretanto e aconteceu de forma quase inopinada derivado à "Pandemia", haver uma acentuada e cada vez maior censura em todo o lado, nos meios virtuais e jornais, nomeadamente no Facebook, onde este Blog está bloqueado e tem uma nota a avisar que é perigoso... Com tudo isto é natural que muitas pessoas se tenham afastado ou tenham perdido o acesso. Mas de tantas mulheres que ao longo dos anos aqui deixaram testemunhos incriveis gostaria de saber se ainda há alguma que reste...

Os tempos mudaram e a realidade humana face a tantos acontecimentos estranhos muda de forma assustadora e está cada dia mais dificil de se discernir o que é verdade assim como quem é quem...

Tentar manter-me fiel aquilo que para mim é verdade assim como aquilo em que eu acredito tem sido dificil e até doloroso, face a esta situação global em que andamos todos e todas mascarados e afectados pelo Medo. O grande virus que atacou esta humanidade em todo o lado. 

Rlp 

DEIXO-VOS UM TEXTO publicado por  Franco Sánchez

"NÃO É NENHUM VÍRUS QUE SE CONTAGIA, É O MEDO CONTAGIOSO...
 (...)
Alguns dias atrás, alguém me disse que não é possível contagiar o medo entre as pessoas, tal como eu e outros mais.
No sentido de que a ′′ Pandemia ′′ (segundo o que ele ′′ viu ′′) sim foi ocasionada por um vírus e que não pelo medo!! ′′ Que o vírus mata ", que também o medo pode matar , mas o medo não é contagioso.
A este respeito, esclareci-lhe que a comunicação mais exata entre as pessoas, não é a verbal, mas a vibracional, que fazemos por meio das ondas eletromagnéticas que todos nós emitimos sem perceber conscientemente. Adicional dei-lhe outros exemplos. Um, até mesmo em objetos, eu comentei que...
Todos os ANIMAIS, por casal ou por grupos, através de diversas vibrações se ′′ contagiam ′′ do mesmo sentir e, consequentemente, agem.
Lembremos também que todos os RELÓGIOS DE PÊNDULO em um mesmo lugar pouco a pouco vão sincronizando suas batidas.
Ao aproximar de 2 ou mais CÉLULAS CARDÍACAS de diferentes corações, aos poucos, todas vão se sincronizando até chegar ao mesmo ritmo e frequência.
Outro caso maravilhoso, é o das MULHERES da mesma família [seja real ou simbólica] que vão sincronizando seus períodos menstruais.
Então, eu insisto que sim se pode contagiar o MEDO entre as pessoas, da mesma forma; medo de vírus ou medo de qualquer coisa, seja real, imaginária, simbólica ou virtual.
As ′′ vivências epidêmicas de medo de um vírus ′′ são as que têm adoecido muitas pessoas, pelas ′′ informações ′′ que recebem e as sensações que percebem do seu ambiente. Para ser mais preciso, o que adoece é o estresse orgânico intenso e prolongado que isso gera!!!
A única coisa que pode diminuir a sensação e o pensamento de medo é o conhecimento ou o saber o que fazer, em relação ao que cada um dos seus medos lhes gera!!!
Atenciosamente.
Alejandro Mora
Consultor em Descodificação Biológica.

7 comentários:

Vânia Jones disse...

Olá. O pedido é? Estou aqui. Naquele exercício que tu falas.

Lena disse...

Oi,te sigo há um tempo e leio sempre!

rosaleonor disse...

Obrigada pelo seu comentário! Muito grata!

Bruna Vicente disse...

Olá Rosa teu blog tem sido um bálsamo para mim em minha busca interior, e tua visão sobre o que está acontecendo, tua lucidez são como guias nesse momento difícil...sou leitora a um ano e sigo sempre por aqui. Muito grata, abraços do Brasil

rosaleonor disse...

Muito obrigada Bruna por comentar e me deixar o seu testemunho. É muito importante eu saber isso...
Abraço grande!
rlp

Mafalda Cancela disse...

Querida Rosa,
venho, semanalmente, aqui.
Faz parte da rotina das minhas leituras.
Muito obrugada

rosaleonor disse...

Obrigada minha querida - tomara que este lugar voltasse ao seu lugar de comunicação séria em vez da cada vez maior alienação e futilidade do fakebook e afins. Um grande beijinho