terça-feira, setembro 22, 2009

o feminino é o desconhecido...


O SAGRADO FEMININO

"O feminino é o desconhecido e, de algum modo, é como vós se sentem como mulheres na Terra. Tem havido uma grande perda de rumo no mundo feminino - há um grande mal entendido quanto ao papel da mulher no plano terrestre. Como temos dito frequentemente durante estas canalizações, uma mulher deveria ser 55% de energia feminina e 45% de energia masculina; uma mulher converter-se-ia num homem de segunda classe ou numa mulher de primeira classe se tentasse operar segundo a representação masculina. Faria isto devido à sua insegurança, nunca por segurança, em relação à sua própria feminilidade. Uma mulher estará verdadeiramente operando com o seu poder no reino feminino, mas nunca o poderá fazer no âmbito do seu poder no reino masculino. A masculinidade, mesmo para a maioria dos homens, é uma área onde é difícil operar. Muitas mulheres aprendem a operar no reino masculino; no entanto, enquanto operam neste reino, qualquer mulher se sentirá superficial e vazia.
Uma mulher que opera no reino masculino estará operando por insegurança e falta de compreensão da sua própria feminilidade. Uma mulher que opere dentro do seu poder feminino será, de longe, muito mais forte e capaz, que uma mulher que opere no reino masculino.
(…)
... No lado esquerdo dos vossos corpos têm a verdadeira e autêntica energia feminina. No lado direito têm o que não é verdadeiramente uma energia feminina, mas é a energia que aprenderam com as vossas mães e colegas femininas, com o vosso círculo de amigos e familiares. No vosso lado direito estará a marca da vossa feminilidade e no lado esquerdo o vosso típico arquétipo feminino.
(…)
Podem sentir que a energia feminina é muito poderosa… tão poderosa mas tem uma suavidade e gentileza… Tem mesmo uma energia guerreira inserida em si mesma. Uma mulher que se defenda a si mesma usando a sua energia guerreira feminina será, de longe, mais poderosa do que uma mulher que tente operar a partir da sua energia guerreira masculina. Quando uma mulher permanece fiel a si mesma, estará dentro do seu poder feminino.

Permitam que a energia flua lenta mas firmemente através do vosso corpo… Esta energia feminina está aqui para ficar, a menos que decidam escolher os vossos condicionamentos sociais… Esta é a verdadeira energia do feminino… Enquanto operarem nesta energia encontrarão verdadeiro amor para vocês mesmas… Os homens ao vosso redor notarão a luz… O amor que viva no vosso coração será libertado para o exterior e todos o notarão…Todos o reconhecerão e a vossa beleza interior brilhará a partir de dentro… O Amor irá definitivamente atravessar o vosso caminho. Onde esta energia encontrar resistência, reconhecerá essa resistência e permitirá que gentilmente se dissipe, liberte e parta.
(…)
As mulheres que operem nesta energia terão crianças pelas razões certas; terão um conhecimento inato de como criar uma criança. Como esta energia chega para todos - o conhecimento absoluto do que é ser mulher - todas as mulheres quererão estar nesta energia. Vocês criarão um espaço para a vossa própria harmonia e segurança…criarão um espaço de desejo, desejo de ser mulher e de entrar nesse espaço de feminilidade… o espaço do sagrado feminino… o espaço da verdadeira compreensão, não só da feminilidade mas da natureza.
Não só compreenderão a feminilidade aqui na Terra, mas terão uma absoluta conexão divina com a Terra Mãe e com o Pai Céu… terão uma compreensão completa da Mãe Terra… um verdadeiro sentimento e sentido de pertença… Enquanto falamos está sendo dissolvido tudo o que é de segunda classe acerca de ser mulher… uma mulher dentro do seu verdadeiro poder nunca receará um homem… ela verá a verdade dentro do homem… e conhecerá um homem que está no seu verdadeiro masculino sagrado e opera a partir dele.

A Nova Era começou maioritariamente com mulheres trabalhando nelas mesmas, mas mais e mais homens começaram a trabalhar neles próprios e a entrarem cada vez mais dentro da verdade do masculino sagrado. À medida que vocês, mulheres, fazem nascer o sagrado feminino dentro deste reino e deste circulo, criam também um espaço para o sagrado masculino ser impresso e manifestado aqui na Terra.

No mundo ocidental o sagrado masculino está virtualmente obsoleto - os vossos lideres encontram-se nessa situação há gerações. O sagrado masculino foi substituído por um homem subversivo de segunda classe que opera usualmente fora do poder, da vontade ou da integridade neste plano terrestre… Daí as razões para as regras, para tantos conflitos e falta de resolução; a maioria dos homens não está no seu poder. A energia guerreira foi dissipada… foi dissipada pela tecnologia… a bala inventada no mundo ocidental, na Europa, custou caro às civilizações do Norte e Sul da América, África, parte da Ásia e todas as grandes culturas… O que o Ocidente nunca se apercebeu foi que isso custou caro à sua própria espiritualidade.

A guerra e o conflito fazem parte de facto do ser homem; o verdadeiro carácter guerreiro faz parte do autenticamente masculino. Balas e bombas nucleares fazem parte de uma energia masculina de segunda classe… não é uma energia verdadeiramente masculina, é a energia da cobardia, uma falta de compreensão da condição masculina. Quando um homem mata outro homem num acto de guerra, cometido em integridade absoluta com as coisas do modo que elas são, então esse homem dormirá pacificamente durante a noite. Mas quando homens se escondem por detrás do cano de uma arma e não olham nos olhos do homem para o qual disparam a mil metros de distância, ou lançam bombas de um avião em cima de mulheres e crianças inocentes, esse tipo de homem não dormirá à noite, não descansará facilmente, não descansará em paz – será impossível porque esse homem está a agir através de uma energia masculina de segunda classe; esse tipo de homem criou um mundo muito inseguro para a sua própria mulher e filhos.”
(…)
- Quanto mais a mulher ocidental caminhar para dentro do seu verdadeiro poder feminino, mais ela criará um espaço para o homem assumir a sua sagrada alma masculina. Um homem na sua verdadeira alma masculina será um homem pelo qual vale a pena dar a vida; ele será um homem para amar e reverenciar, para honrar e respeitar. O Ocidente não poderá mais suportar homens de segunda classe e líderes de segunda classe para os governar. O Ocidente, se pretende salvar-se, terá que ser governado por homens de primeira classe com consciências de primeira classe, compreensão espiritual de primeira classe da vida e de quem eles são. À medida que mais mulheres caminharem para o seu sagrado feminino, mais os verdadeiros lideres das nações se erguerão acima dos líderes actuais.
(…)
IN "A VERDADEIRA FEMINILIDADE'"
Kryon - David Brown

2 comentários:

jozahfa disse...

Obrigado, Rosa Leonor, pela visita e pelos votos de melhora.
Esses textos de Krion canalizados por David Brown são sempre elucidativos sobre a questão do masculino/feminino.
Pena que estão rareando cada vez mais.
Um abraço.

Rosa Leonor disse...

É verdade...no princípio foi extraordinário, mas depois tanta gente começou a canalizar kryon e a vulgarizar o tema...

Hoje em dia é complicado escolher entre tanta informação...

fique bem...

abraço

rleonor