sexta-feira, novembro 11, 2016

UM BREVE (DES)APONTAMENTO



CANSAÇO

Hoje senti um enorme cansaço...um imenso cansaço face a tudo o que é supostamente vivido e não passa de crenças, teorias, idealizações, tudo proveniente do plano mental...do plano das ideias, tudo o que é fantasiado, imaginado, idealizado, ilusões atrás de ilusões - o vão combate, a minha luta...
De repente tudo o que escrevo, digo e defendo com um objectivo me pareceu inútil e desfasado perante o sonho e a fantasia e esta ilusão monumental, toda essa onda de crenças... e de egos a ganhar terreno por todo o lado - e dei-me por vencida e ai que alivio...chorar de pena e cansaço...é triste e vão o meu combate.
E é bom largar mão, desistir de tudo, não lutar por nada...tudo é tão só vaidade... Sim, "Tudo é orgulho e inconsciência. Tudo é querer mexer-se, fazer cousas, deixar rasto." * E também - pensei, mas..."tudo vale a pena se a alma não é pequena"...
Não, hoje não, só sinto este cansaço e este vão combate...hoje é só este cansaço que ganha a minha luta e não me deixa crer que valha a pena... porque se continuo, sou como todas as pessoas, faço-o por orgulho ou vaidade...deixar rasto...
rlp
*F. Pessoa


PS

COM TUDO QUE SE PASSA DE ABSURDO E INSANO NESTE MUNDO acho que ninguém consegue ficar incólume e alheio a esta realidade, quer queira ou não queira - a sordidez humana atingiu os limites da sua bestialidade...creio que nem mesmo os "iluminados", os beatos e beatas da new age de serviço conseguem vibrar muito alto...isto está mesmo muito feio...

1 comentário:

Ana Nazaré disse...

"..isto está mesmo muito feio...". SIM. OH ROSA FIQUE BEM
_/\_