terça-feira, junho 12, 2018

SÊ CONSCIENTE


O BRILHO DA CONSCIÊNCIA

“Na medida em que realidade é não só o que o pensamento pode captar e definir, mas também isso que permanece indefinível e imperceptível, isso que rodeia a consciência, destacando-a como ilha de luz no meio das trevas”
- MARIA ZAMBRANO, in"O Homem e o Divino"


"As pessoas normalmente sentem-se presas pela vida, presas pelo universo, porque elas imaginam que  estão realmente no universo, e portanto o universo pode esmagá-las como um inseto. Isto não é verdade. Você não está no universo; o universo está em você.

A orientação típica é esta: a minha consciência está no meu corpo (principalmente na minha cabeça); o meu corpo está nesta sala; esta sala está no espaço circundante, o próprio universo. Isso é verdade do ponto de vista do ego, mas totalmente falso do ponto de vista do self.

Se eu descansar como testemunha, a forma sem forma, torna-se óbvio que, neste momento, não estou no meu corpo, o meu corpo está na minha consciência. Estou ciente do meu corpo, por isso não sou o meu corpo. Sou a testemunha pura em que o meu corpo está agora a surgir. Não estou no meu corpo, o meu corpo está na minha consciência. Portanto, sê consciente.

Se eu olhar para fora desta corpo que é a minha casa, para a área circundante - talvez uma grande extensão da terra, um grande pedaço de céu, outras casas, estradas e carros - se eu olhar, em suma, o universo à minha frente - e se o eu como testemunha, o sem forma eu-Eu, torna-se óbvio que, neste momento, eu não estou no universo, o universo está na minha consciência. Sou a testemunha pura de que este universo está agora a surgir. Não estou no universo, o universo está na minha consciência. Portanto, sê consciente.

É verdade que a matéria física do seu corpo está dentro  da casa em questão, e a  casa está dentro da questão do universo. Mas você não é apenas matéria ou corpo físico. Você também é consciência como tal, do qual a matéria é apenas a pele exterior. O ego adota o ponto de vista da matéria, e, portanto, é constantemente preso pela matéria,  preso e torturado pela  dor fisica. Mas a dor, também, surge em sua consciência, e você pode estar em dor, ou encontrar a dor em você, para que você cerque a dor, são maiores que a dor, transcender a dor, enquanto você relaxa  na vasta extensão do puro vazio que você é profunda e verdadeiramente.

Então, o que é que eu vejo? Se eu vejo  como ego, parece que estou confinado ao corpo, que está confinado à casa, que está confinado ao grande universo em seu redor. Mas se eu  me relaxar como testemunha - à vasta, aberta e vazia consciência - torna-se óbvio que eu não estou no corpo, o corpo está em mim; eu não estou nesta casa, a casa está em mim; eu não estou no Universo, o universo está em mim. Todos eles estão surgindo no vasto, aberto, vazio, puro e luminoso espaço da consciência primordial, neste momento e agora e para sempre, agora mesmo.

Portanto, sê consciente."

KEN WILBER

Sem comentários: