quarta-feira, novembro 17, 2004

"As sociedades mais arcaicas deram
uma importância particular à Mãe e, portanto à Mulher.


CONTUDO "A tradição hebraica que rebaixa a mulher e faz de Deus um solitário ao mesmo tempo macho guerreiro e pastor, a religião islâmica que se inspira nessa noção, são concepções nómadas relacionadas com a secura do deserto."

...O QUE RESULTA
NA FALTA DO FEMININO EM TODO O MUNDO QUE TEM
COMO CONSEQUÊNCIA A VIOLÊNCIA E A GUERRA


Em nome de Deus matamos e da Vida condenamos À MORTE ou mesmo em nome de ideais supremos e todos nos odiamos e destruímos paulatinamente...
Os países divididos em partidos - esquerda direita e marchamos todos para a guerra ou para o abismo - não há Europa nem Estados Unidos porque o mundo se divide todo em nome de deuses e fés - na verdade, apenas pelo (SEU PRÓPRIO) Poder pessoal ou do capital - ECONOMIA MUNDIAL - ou em nome de uma qualquer causa absurda!...

Enquanto a Mulher for um fantasma na sociedade oriental e um objeco instrumentalizado no ocidente, OU UMA MARIONETA, sujeita às leis dos homens e dos padres tanto no Oriente como a Ocidente...não haverá um único continente que esteja em paz...
Esta é a grande lição que o SER HUMANO tem de aprender e ver com olhos de ver e isso começa no respeito da Mulher e da Mãe...

NÃO HAVERÁ PAZ SEM QUE OS DOIS POLOS DO SER ESTEJAM EM HARMONIA, FEMININO E MASCULINO, EM PLENO EQUILÍBRIO, DENTRO DE CADA UM DE NÓS...

Sem comentários: