domingo, novembro 28, 2004

devientART

Uma jovem dirigente comunista disse ontem no Congresso do PCP em Almada:

“Não existe nada mais velho que a exploração do homem pelo homem”...

Por simpatia com essa jovem, em memória da minha juventude comunista, eu digo-lhe que há uma exploração muito mais velha do que a do homem pelo homem; há a exploração da mulher pelo homem a todos os níveis e essa é de facto a mais antiga exploração e profissão do mundo...

Quando A. Cunhal evoca ainda as mulheres no fim da sua lista e todos os comunistas o podem Ter feito, eu lembro-me que a causa das mulheres nunca foi a deles, nem de nenhuma ideologia de classe, pois a mulher ficou sempre à margem de todas e foi usada apenas para propaganda eleitoral ou partidária e também por eles sempre colocada à margem das chefias...

Por estas e por outras é que eu lamento a falta de CONSCIÊNCIA DO FEMININO...tanto nos homens como nas próprias mulheres porque a Mulher nunca teve uma classe que não usasse e abusasse dela!


Sem comentários: