sábado, janeiro 31, 2009

A ALTERAÇÃO DE FREQUÊNCIA DA TERRA

O plano de mudar a modulação da freqüência que afeta a espécie humana, permite o reagrupamento do seu DNA e dos filamentos de códigos-luminosos. Desta vez, o plano é gi­gantesco. A Terra está ajudando, à sua maneira, a evolução do universo. É na Terra que as coisas estão acontecendo é o lugar ­quente, o lugar para se estar. É onde o plano começa a desa­brochar. O que ocorrer na Terra irá afetar muitos e muitos mundos.
Como membros da Família da Luz, vocês concordaram em vir à Terra diversas vezes - de várias formas e em épocas diferentes - para se ambientar, descobrir as características treinar-se. Precisavam experimentar a Terra e preparar-se para o tempo em que a alteração da freqüência começaria a ocorrer Todos se comprometeram a encamar o número de vezes necessário para colocar o plano em ação.
A Família da Luz de todos os lugares está começando a se unir. Precisam concentrar-se no que possuem em comum, não no que deixam de ter em comum. Como membros da Fa­mília da Luz vocês trazem informação ao planeta de formula totalmente neutra para estimular o vosso próprio crescimento. Precisam fazer isso - porque o crescimento de cada um de vocês afeta o crescimento de todo o planeta.
O vosso DNA vai evoluir de duas para doze hélices. Estas doze hélices correspondem aos centros de energia ou chakras, dentro e fora do vosso corpo. Agora, aqui no planeta, milhões de vocês estão em missão e concordaram em manter a vibração para realizar esta missão. Grupos de vocês estão se tornando impecáveis e estes grupos estão afetando os outros Em breve começarão a perceber claramente quem são e qual é a vossa missão.
Este processo é um incrível salto evolucionário para os que participam e ocorrerá num ritmo muito acelerado nos próximos vinte anos existem algumas pessoa que já receberão o realinhamento das doze fitas de DNA, as doze hélices. Es­tas doze fitas espiraladas de DNA interagem dentro e fora do corpo. A conexão das doze espirais significa que os doze centros de informação podem começar a funcionar e enviar informação entre si para a frente e para trás. Tradicionalmente, sete destes centros estão localizados no corpo, e cinco fora do corpo. São normalmente conhecidos como chakras e estão alinhados com o movimento rotatório dos doze corpos celestes do sistema solar que vocês conhecem Os doze corpos celestes que vibram da maneira que vocês os percebem em três dimensões. Estes doze corpos celestes giram com informação: giram com o sistema de chakras que chega ao fim do universo e giram com o DNA girando dentro do vosso corpo.
Quando o DNA humano começar a se unir formando um sistema de doze hélices e agir de acordo com esta informação, haverá uma força incrível. Os indivíduos, ao simplesmente se agruparem e projetarem um desejo juntos – tornando-se um receptáculo telepático de energias de todo o cosmos irão modificar a face do universo.
Nós chamamos o processo de reagrupamento do vosso DNA de mutação. Quando vocês, como membros da Família da Luz, forem capazes de assimilar essa mutação dentro dos vos­sos corpos, serão capazes de integrar os vossos doze centros de informação. Começarão a compreender que vocês criam as vos­sas experiências e aprenderão a ser criadores conscientes. Mais do que isso, tornar-se-ão recordadores conscientes de quem vocês são.
Com a abertura dos vossos décimo, décimo-primeiro e décimo-segundo chakras, muitas energias extraterrestres irão aparecer em vossas vidas. Estas energias se intensificarão com o aumento do número de pessoas que conseguirem sustentar freqüências mais altas. O décimo chakra liga-se ao sistema so­lar, o décimo-primeiro à galáxia e o décimo-segundo a um lugar do universo. Com a sustentação destas freqüências, a informação que será trazida para o planeta irá assombrar e cho­car a maior parte do mundo.
Haverá uma fusão de identidades, uma fusão de culturas, uma incidência de várias “ordens do novo mundo” e ha­verá muito caos e confusão. Como membros da Família da Luz, vocês podem simplesmente observar isto, sabendo que o caos e a confusão devem vir para quebrar o sistema para que ele possa ser reconstruído com luz. Como membros Família da Luz, vocês compreendem que existe um processo evolucionário ocorrendo e, quem conseguir suportar a mudança de freqüência, evoluirá. A Terra é um lugar emocionante para se estar nesta época.

BARBARA MARCINIAKE - OS MENSAEIROS DO AMANHECER

8 comentários:

MOLOI LORASAI disse...

muio blá blá blá. mas RLP sabe qual é a frequencia dela?
qual é a frequencia da cidade do Porto?
qual é a frequencia de Lisboa?
esta pesquisa eu já faço a vários anos mas para mim.
as duas hélices tem uma função genialíssima na meiose e na mitose celular.
E AS DOZE?

MOLOI LORASAI disse...

a resposta frequente (vejam bem, frequente) de RLP é que ninguém sabe. Moloi sabe do que diz. Só que não se vende à fama nem à publicidade, sempre ganhou dinheiro em trabalho técnico.

Anónimo disse...

Algo sobre o guerreiro-viajante
Em seguida, don Juan falou comigo no tom em que eu estava acostumado. O que disse foi também bastante familiar. Ele disse que a espinha dorsal de um guerreiro-viajante é a humildade e a eficiência, e que ele age sem nada esperar e suportando o que for que estiver à sua frente.

Neste ponto passei por outra mudança de consciência. Minha mente focalizou um pensamento, ou sentimento de angústia. Lembrei-me que fizera um pacto com algumas pessoas de morrer com elas, e não conseguia lembrar-me quem eram. Senti, sem sombra de nenhuma dúvida, que era errado eu morrer sozinho. Minha angústia tornou-se insuportável.

Don Juan falou comigo. “Estamos sós”, disse ele. “Essa é a nossa condição, mas morrer sozinho não é morrer em solidão”.

Respirei fundo várias vezes para acabar com tensão. Depois disso, minha mente tornou-se clara.
“O grande problema de nós, homens, é a nossa fragilidade”, continuou ele.

“Quando nossa consciência começa crescer, ela cresce como uma coluna, exatamente no ponto médio do nosso ser luminoso, a partir do chão para cima. Essa coluna deve atingir uma altura considerável antes de podermos confiar nela. Nessa altura de sua vida, como feiticeiro, você perde facilmente o seu elo com a sua nova consciência.

Quando você faz isso, você se esquece de tudo que fez e viu no caminho do guerreiro-viajante porque sua consciência retorna à percepção de sua vida do dia-a-dia. Eu já expliquei para você que a tarefa de cada feiticeiro do sexo masculino é reclamar tudo o que fez e viu no caminho de guerreiro-viajante enquanto estiver nos novos níveis de percepção. O problema dos feiticeiros masculinos é que eles esquecem facilmente porque sua percepção perde a ligação com seu novo nível e cai por terra por qualquer motivo”.

“Eu entendo exatamente o que você está dizendo, don Juan”, disse eu. “Talvez essa seja a primeira vez em que atingi a percepção total do por quê eu me esqueço de tudo, e por quê eu recordo de tudo posteriormente. Eu sempre acreditei que minhas mudanças ocorriam por causa de uma condição patológica pessoal; agora sei porque elas ocorrem, embora não consiga verbalizar o que sei”.

“Não se preocupe com verbalizações”, disse don Juan. “Você irá verbalizar tudo o que quiser no tempo devido. Hoje, você deve agir a partir de seu silêncio interior, a partir do que sabe sem saber. Você conhece com perfeição o que deve fazer, mas esse conhecimento ainda não esta perfeitamente formulado em seus pensamentos.

No nível dos pensamentos concretos ou sensações, tudo o que eu tinha eram sentimentos vagos de saber algo que não fazia parte de minha mente. Tive, então, o sentimento claríssimo de ter dado um enorme passo para baixo; algo parecia ter caído dentro de mim. Foi quase uma sacudidela. Soube então que havia entrado em outro nível de consciência naquele instante.

Don Juan disse-me então que era obrigatório para todo guerreiro-viajante dizer adeus para todas as pessoas que ele deixou para trás. Ele deve dizer adeus em uma voz alta e clara de modo que seu grito e seus sentimentos fiquem para sempre gravados naquelas montanhas.

Hesitei por um longo tempo, não por causa de algum acanhamento mas por causa de não saber quem incluir em meus agradecimentos. Eu tinha interiorizado completamente o conceito dos feiticeiros de que um guerreiro-viajante não deve ter nenhum débito com ninguém.
Carlos Castaneda, O Lado Ativo do Infinito

Anónimo disse...

COMO VÊ MAIS BLA BLA BLA...E PARA MIM DE FACTO MEU AMIGO INSISTO, É TUDO BLÁ BLÁ BLÁ...QUANTO À VENDA E À FAMA, DESDE QUE NÃO FIQUEMOS EM SILÊNCIO, NESSE SILÊNCIO ONDE NÃO HÁ ENREDO HUMANO ESTAMOS SEMPRE A VENDER A ALMA E A PROCURAR A FAMA...SENÃO PARA QUÊ PUBLICAR UM LIVRO? CARÊNCIA DE DIZER O QUE SENTIMOS E QUE NOS OUÇAM NA NOSSA VOZ...MESMO QUE ISSO SEJA TUDO CONCEITO; PALAVRAS SÃO SEMPRE CONCEITOS... RLEONOR

MOLOI LORASAI disse...

a frequencia não é apenas uma palavra, corresponde à uma realidade.
apenas sugeri.
quanto a dupla hélice também não são palavras nem conceitos. tem uma específica função. apenas sugeri que estude nos manuais básicos de biologia a função da dupla hélice na mitose e na meiose.
eu publico os meus livros para mim. são um tripé. que se lixe os outros.

Anónimo disse...

Todas as plavras podem corresponder a algo, mas o seu sentido está perdido, não há ressonância vibratória senão forplea vibração da alma. E aí estamos todos perdidos. Palavras do Mestre. Quanto aos manuais você pensa que eu acredito em algum? Não, nenhum em nome de nada. Nem da biologia ou matemática...F. Pessoa não publicou nada senão um livro, a Mensagem, em vida...e ele sim sabia que os outros não contam. Agora você não se está nada nas tintas para os outros. Você é uma criança amuada sempre zangada mas à procura de chamar a atenção na negativa, pela revolta, pelo desprezo da raça...Desculpe meu amigo, mas escute o seu coração e fique em paz com ele sem se revoltar com a mentira ou verdade dos outros. Somos todos ignorantes sem cura. Não me venha a mim dizer que sabe alguma coisa porque na verdade eu que já sou velha e estou-me nas tintas para todo o conhecimento humano. Talvez quando morrer eu saiba o que não sei, de resto somos todos palhaços (ricos ou pobres)de um circo montado por não sei quem.
Há de facto um lugar de paz dentro de nós, sejamos nós o louco o assassino ou o mais puro...todos iguais aos olhos dos "deuses"...

rleonor

MOLOI LORASAI disse...

a ignorância é uma opção?

Anónimo disse...

Não. É a condição de toda a espécie humana...a babel não mudou nada.