"NÃO SOU FEMINISTA, SOU ANTROPOLOGICAMENTE LÚCIDA" Ana Hatherly

segunda-feira, outubro 05, 2009

A PALAVRA ÀS LEITORAS...

OBRIGADA PELAS VOSSAS PALAVRAS...
***
Patrícia deixou um comentário sobre o
"Eco-feminismo: a esperança de um Novo Feminino":


Bem inteligente e direto seu texto, gostei muito, você disse tudo que sempre observei no nosso universo, quantas e quantas mulheres que conheci e apenas muito poucas que criei uma verdadeira amizade, mas muitas que acreditei que fossem amigas, ou somente colegas qualquer, percebia e via raiva, inveja, hostilidade por eu ser uma mulher, muito mais que no núcleo masculino, mas acredito que isto seja resultado da própria mídia, que sempre colocou todas nós contra as outras, ou seja, você tinha que ser a mais bonita, ou mais admirada, para vencer e conquistar a felicidade, mas pergunto vencer o quê? Se achar melhor que as outras p/ ganhar o respeito dos homens? Que grande bobagem isso tudo qualquer mente inteligente sabe que temos que ser nós mesmas, temos que conquistar os nosso respeito, começando uma pelas outras, sem invejinha, traminhas…afff... vamos ser como irmãs, viver no mundo terra com seus irmãos, respeitar e cuidar da Mãe natureza, e assim evoluir como Mulheres de Verdade!
beijinhos
****

Querida Rosa...não é a toa que você tem ROSA no nome. Amo seus artigos, seu Trabalho e sua garra. Como você meu foco é levar consciência à um numero cada vez maior de Mulheres (e homens). Eu tento mas ainda carrego uma certa revolta no meu lado Humano. Um dia faço a Integração…esse dia está perto, mas por enquanto, assumo minhas sombras com dignidade e integridade. Depois de 33 anos de um casamento, nos quais os últimos 10 tornou-se absurdamente abusivo, consegui me libertar e hoje caminho livre, dona da minha vida, sabendo sim do meu Poder e passando minha experiência para Mulheres que se encontram na mesma situação, mostrando que a Escolha por Si ainda é o melhor Caminho. Como você sou estudiosa dos ensinamentos de Kryon/Tobias (hj Adamus) que trago para vivência do meu corpo físico, no meu dia a dia.
Meu Carinho para Você... Mulher Maravilhosa!!! E Assim É
Thais Marzagão

****


GAIA LIL DEIXOU EM "A PALAVRA ÀS LEITORAS..." ESTE INTERESSANTE TEXTO:

- Sabe Rosa eu comecei uma pesquisa a respeito das divindades nórdicas de onde se originaram os guerreiros das sociedades patriarcais. Sabe o que descobri?
Que antes mesmo do patriarcado se instalar no norte o povo era governado pelo matriarcado das Disir/Disas (titulo de sacerdotisas da Deusa Freya e Frigga)
Na verdade a própria origem das runas místicas tão atribuídas a Odin são na verdade femininas visto que foi Freya quem ensinou Odin a arte das Runas. A Deusa só ensinava a sua arte às mulheres e as suas sacerdotisas que gozavam de uma liberdade sexual e espiritual que poucas mulheres de hoje têm. Elas eram profetisas, advinhas, magas, sacerdotisas e magistas que realizavam rituais com magia sexual em que apenas as mulheres podiam participar (A Deusa Freya era a Grande Donzela, contraparte da Frigga que era Mãe) A Deusa do amor da beleza e padroeira das bruxas. Ela é a única Deusa que é donzela e feiticeira ou seja a unida Deusa do Amor que tem as bruxas como suas principais representantes. As runas só foram ensinadas a Odin porque ele obedeceu a ordens das Disir e se vestiu de mulher para poder aprender...Tais mulheres (Disa/Disir) eram tão louvadas que nunca poderemos ter certeza se eram realmente Deusas menores ou Sacerdotisas de Freya/Frigga.

Agora eu me pergunto de onde veio exactamente o patriarcado?


Será que os homens temeram tanto a sim o Poder da Deusa e da Mulher ao ponto de tornar Frigga, a Grande Deusa, em apenas uma consorte do Deus.
E mais porque quando manifesto a Deusa a maioria dos homens parece temer me...Porque temem a mulher quando em posse plena de suas forças espirituais e psíquicas?

Gaia Lil


- Penso que esse culto é reminiscência do mesmo culto da Mãe e da Filha, anterior ao cristianismo, que fundou o culto do pai e do filho - e aí mais ou menos teria começado o patriarcado - e que é conhecido como os Grandes Mistérios Eleusianos; elas também faziam esse par mãe-filha, e iniciavam os homens nesses mistérios, os mistérios da Lua, as suas faces e da Natureza Mãe...quem sabe não seriam os mistérios de GAIA? a pura inteligência de Gaia e as suas forças representadas pelas mulheres a que os homens deixaram de servir e obedecer?
rlp

2 comentários:

Anónimo disse...

Sabe Rosa eu comecei uma pesquisa a respeito das divindades nordicas daonde se originaram os guerreiros das sociedades patriarcais.Sabe o que descobri?
Que antes mesmo do patriarcado se instalar no norte o povo era governado pelo matriarcado das Disir/Disas(titulo de sacerdotisas da Deusa Freya e Frigga)
Na verdade a propria origem das runas misticas tão atribuidas a Odin são naverdade femininas visto que foi Freya quem ensinou Odin a arte das Runas.A Deusa só ensinava a sua arte as mulheres e as suas sacerdotisas que gozavam de uma liberdade sexual e espiritual que poucas mulheres de hoje tem.Elas eram profetisas,advinhas,magas,sacerdotisas e magistas que realizavam rituais com magia sexual aonde apenas as mulheres podiam participar(A Deusa Freya era a Grande Donzela,contraparte da Frigga que era Mãe)A Deusa do amor da beleza e padroeira das bruxas.Ela é a unica Deusa que é donzela e feiticeira ou seja a unica Deusa do Amor que tem as bruxas como suas principais representantes.As runas só foram ensinadas a Odin porque ele obedeceu a orde das Disir e se vestiu de mulher para poder aprender...Tais mulheres (Disa/Disir) eram tão enlouvadas que nunca poderemos ter certeza se eram realmente Deusas menores ou Sacerdotisas de Freya/Frigga.
Agora eu me pergunto de onde veio extamente o patriarcado?
Será que os homens temeram tanto a sim o Poder da Deusa e da Mulher ao ponto de tornar Frigga, a Grande Deusa, em apenas uma consorte do Deus.
E mais porque quando manifesto a Deusa a maioria dos homens parece temer me...Porque temem a mulher em posso plena de suas forças espirituais e psiquicas?

Gaia Lil

Anónimo disse...

Eu gostaria de ter acesso a essas fontes. Será que a Gaia Lil poderia divulgá-las?

Obrigada.