segunda-feira, julho 19, 2004

"Nós nunca nos realizamos.
Somos dois abismos – um poço fitando o Céu."


- Este espaço virtual onde raras (ou muitas) pessoas chegam, anónimas e indiferentes quase sempre, de passagem, por ócio ou vazio: abrem uma página rápida às vezes sem nada ler e que serve apenas para passar o tempo morto de solidão e talvez na expectativa inconsciente de um eco remoto, de uma palavra milagre...
Busca incessante de algo em nós por colmatar e que nunca se preenche no ecran...nem mesmo na mais bela prosa ou poesia...
Mas...

“Tudo isto é sonho e fantasmagoria, e pouco vale que o sonho seja lançamentos como prosa de bom porte. Que serve sonhar com princesas, mais que sonhar com a porta da entrada do escritório? Tudo que sabemos é uma impressão nossa, e tudo que somos é uma impressão alheia, melodrama de nós, que, sentindo-nos, nos constituímos nossos próprios espectadores activos, nossos deuses por licença da Câmara.”F.Pessoa.

Sem comentários: