domingo, janeiro 04, 2009

ALERTA VERMELHO ÀS MULHERES

HPV - VACINA "PREVENTIVA" DO "CANCRO DO COLO DO ÚTERO":

Por todo o mundo dezenas de raparigas têm sido directamente afectadas ficando doentes, paralisadas ou morrem… (faça pesquisa!)

- Na América e em vários outros países como Austrália e Canadá há casos relevantes de meninas que tomaram as vacinas HPV (contra o cancro do colo do útero) e depois de vários problemas, os pais culparam as vacinas de algumas incidências como enjoos, paralisia, tendo-se mesmo registado cerca de 15 mortes na América, dez das quais comprovadas…

Noutro lugar, morreram ainda três meninas e outras tantas foram hospitalizadas, sendo apontada como causa directa as vacinas acabadas de tomar.
Claro que a propaganda farmacêutica rica e poderosa contorna estes casos contrapondo com uma publicidade manipulada apontando os benefícios da mesma…É através da propaganda e publicidade incluindo junto dos médicos e centros sociais que essa propaganda é feita a fim de induzir o medo da doença mortal nas mães e nas mulheres que são compelidas a usar a vacina sem saberem os seus efeitos. Ao que parece a vacina não foi suficientemente testada, mas isso é irrelevante para os Governos que as compram.
A Indústria farmacêutica vende estas vacinas aos Governos por milhões de dólares por ordem de quem, com que finalidade? Quais são os interesses verdadeiros que estão por detrás de tanta generosidade e cuidado com a saúde da mulher? Infectar todas as jovens de um vírus que as torna passivas e desnaturadas para melhor se tornarem instrumentos do prazer do homem? Para que as mulheres continuem sob controlo do sistema patriarcal?

Em Portugal, em estado de dívida externa grave e crescente pobreza interna e em plena crise mundial, o Estado dá quase 500 milhões de euros para prevenir uma doença hipotética que apesar de afectar milhares de mulheres não é senão consequência da vida emocional desgastante e sexualmente condicionada toda a vida por pílulas e anticoncepcionais para não engravidar ou para a menopausa, enquanto o homem é isento de qualquer destes fármacos…
Sem dúvida alguma que a mulher é a vítima preferencial do sistema e serve de cobaia para médicos e cientistas…
Eu acredito que esta vacina, como tantas outras, tem a finalidade macabra de interromper os ciclos naturais da mulher e impedi-la de ser uma pessoa autónoma e livre. Porque o despertar da Mulher interna é um perigo enorme para o patriarcado moribundo mais agressivo do que nunca no mundo!


O Cancro ou qualquer outra doença terminal começa na escravidão do ser humano ao sistema de controlo, pela impossibilitado de se conhecer e expressar livremente o seu ser; começa na alienação da consciência e dos valores fundamentais, e tem como causa o ser humano ter-se tornado numa máquina ao serviço do produzir-consumir-morrer.
Vemos esta humanidade sem horizontes cada vez mais embrutecida pelos químicos e pelas drogas, pelo consumo exarcebado, pelos Midea que fomentam o crime e os filmes de terror, com populações assoladas pela guerra de interesses e mortes de inocentes em nome de um deus abominável...
A vida das pessoas tornou-se um caos e não é só Israel e a Faixa de Gaza...esta guerra é o espelho do nosso mundo materialista e bélico e o que está latente em todo o lado...esta é a prova de como a humanidade está adormecida e esvaziada de sentido que não seja a ambição o medo e o poder descontrolado.

Só a activação do lado feminino do cérebro pode equilibrar o caos do mundo governado pelo lado masculino, só a força do Feminino Sagrado pode salvar a Mãe Terra.
Para tal a Mulher tem de acordar...mas é precisamente isso que a Matriz de controlo quer impedir a todo o preço...
rlp

Sem comentários: