segunda-feira, janeiro 17, 2022

O NOVO NORMAL...



Por Dionísia Cesário


"Começaram por lhes tirar a cultura, o acesso ao conhecimento e ás produções artísticas...
Queimaram, proibiram, censuraram a leitura...
O ensino foi permitido enquanto serviu para formatar o pensamento, depois disso fecharam as escolas...
Em janeiro de 2021 proibiram a venda de livros, as bibliotecas já tinham desaparecido, toda e qualquer produção artística foi impedida...
E a humanidade continuou a acreditar que tudo era por causa de um vírus...
Esqueceram a sua história e que os períodos de escuridão, tirania e escravidão começaram assim...
Sem a sua cultura, o ser humano perde a sua identidade, fica alheado e perdido, esquecido da sua verdadeira essência...
No entanto, ninguém se manifestou, no meio do caos, do ruído e do medo...
O governo proibiu a venda de livros...
O governo fechou toda a gente em prisão domiciliária...
O governo e apenas e só o governo sabia o que devias fazer, pensar e acreditar...
A humanidade continuou a obedecer, a acreditar na televisão, no governo e nas instituições corruptas que dominavam o mundo...
A humanidade acreditou que estava doente, que corria perigo, que estava a morrer ...
A humanidade acreditou em tudo e confiou, calou a voz e susteve a respiração, deixou os afetos de lado, permitiu que lhe injetassem veneno...
Não viu os sinais, não ouviu a sua voz interior, não ouviu os gritos de alerta...
Precipitou-se para a sua extinção obediente e ordeira, como bom soldado doutrinado para obedecer sem questionar...
Chamaram - lhe " novo normal" e conformaram-se."


Sem comentários: