domingo, maio 02, 2021

QUE ATITUDE TOMAR?



" Têm de deixar de ouvir a sociedade. É a tarefa mais difícil, a maior ruptura que terão de fazer. Habitam em cada um de vós o Eu social e o Eu espiritual e precisam decidir qual dos dois é o sagrado. Qual dos dois é a vossa fonte de autoridade?
Deixem que o vosso Eu intuitivo seja a vossa autoridade. Permitam que o vosso Eu intuitivo seja o porta-estandarte da vossa experiência, a experiência que ninguém mais pode autorizar. A vossa experiência brota do compromisso que conhecem, mas de que nem sempre se lembram, e que um dia assumiram. "

NÃO E NÃO E NÃO...

Era inevitável. Começou o confronto com os amig@s do "então já tomaste a VAXINA?" Não... digo eu e a censura implícita começa nos gestos e nos olhares reprovativos e a breve trecho o ostracismo... "Se não te injectas da droga que te envenena o corpo, não nos podemos dar contigo... és um "perigo"! Eles seguem cegamente as regras e a dita "ciência" maldita... E como ir contra a "ciência" negra e a mente racional "objectiva", que só se pensa corpo-mente e vive como os animais mas sem instinto e nem percebe o que seja a sua essência e apenas crê no que vê e palpa... Contra tudo isso eu sigo a minha intuição. Serei fiel à minha alma enquanto viver mais do que ao medo me queram fazer sentir.
Não, não posso nem quero argumentar contra uma ciência dogmática e fundamentalista do medo e do terror e ser acusada do mesmo por ser CRENTE NO ESPIRITO E NA ALMA HUMANA. Mas como o faria se eles não veem nem sentem a alma...? falam talvez de deus...mas tudo o que tem é conceitos vagos e abstratos, contudo na prática a vida para eles é matéria perecível e os 5 sentido...
 
Como dizer a essa gente que vive a sua animalidade apenas que existe uma Ordem Suprema do Universo, uma ENERGIA invisivel e me guia o infinito e que isso inequivocamente me sossega.
Não, eu não embarco em visões estapafúrdias ou mistificadoras da realidade humana, deuses ou anjos, nem vou atrás de promessas visionárias do que quer que seja. Eu sigo a minha consciência que faz parte da transcendência e porque isso nos liga a todos como seres humano assim como ao universo e ao cosmos. Sei que essa força me vem da Natureza Mãe e faz parte integrante da nossa Humanidade como espécie na Terra e eu não quero perder esse fio condutor que me liga a tudo e está no nosso ADN: não quero perder essa ligação da minha alma nem a ligação aos meus corpos subtis para garantir uma vida rasteira, infame e ficticia...
Eu creio na vida depois da morte e sigo a minha intuição. Serei fiel à minha alma enquanto viver mais do que ao medo me queram fazer sentir ou ao terror que espalhem ao meu redor.
Ninguém nem nada impede a nossa morte... nem a doença...
Todos vamos morrer mais dia menos dia e a unica coisa que quero preservar é sem duvida a minha Alma e não assinar um pacto com o diabo para ter uma vida robotica...de consumo e escravidão ao Sistema despótico que controla o mundo.
Não e não e não!
rlp


Sem comentários: