terça-feira, março 27, 2007

a alma pequenina dos políticos...

Vítor Ramalho, mostra-se preocupado: "Isto não é apenas um concurso nem deve ser desdramatizado. Pelo contrário, é um grito de protesto, de revolta. O povo português sente que a nossa grandeza de alma se tornou pequenina. Não temos conseguido forjar um projecto galvanizador de afirmação externa de Portugal."

...Não é um projecto para inglês ver (ou a Europa acreditar em nós...) que precisamos, não é um projecto de afirmação externa! É um projecto de vida digna para todos os portugueses cá dentro e não lá fora...

Precisamos todos de um micro-crédito...à indiana Yunes e não Jones...

Sem comentários: