domingo, março 25, 2007

PORQUE HOJE É DOMINGO...

CARTA ABERTA
A UMA AMIGA BRASILEIRA:
Sei bem do que você fala e não sabe o que eu lamento já não a poder acompanhar no seu blog. Falta mesmo um pedaço à internet, porque você tem uma sensibilidade especial, como cada mulher tem como a flor diferente que é de um jardim magnífico. Tenho muita pena de não ter tanto "tempo" para lhe escrever e não é bem tempo, são as coisas da vida, as mudanças, as coisas que vão acontecendo. Não me apetece muito falar delas...das pequenas (grandes?) coisas da vida como as preocupações, as doenças, o dinheiro, as perdas e danos, os desgostos, assim como os nossos medos...

MAS ISSO NÃO É O MAIS IMPORTANTE E TUDO VAI PASSANDO.

O QUE EU QUERO, É olhar para a frente e ver este trabalho de consciência que temos diante dos nossos olhos ou mesmo quando nada vemos do que esperamos ou ansiamos. Agora, na minha idade, a minha vida concentra-se totalmente num "projecto" interior...ou diria antes, numa prática diária de apenas Ser Humana, cada dia mais humana e ajudar na medida do possível a curar as dores e feridas das mulheres que sofrem, só através da compreensão e da compaixão verdadeira, aquela que vem do sofrer com o outro em conhecimento de causa...

Não é uma via de renúncia, nem precisa de Mestres ou Gurus...não é preciso pois renunciar a nada...é a própria vida que se encarrega de nos tirar o que já não serve e o que está a mais para podermos olhar o essencial...

Muitas coisas nos aconteceram, não é verdade? Mas no fundo é sempre o mesmo. Nós somos sempre as mesmas almas e o que muda é a forma de aprisionamento pois só mudamos na medida em que as grades e as ilusões caiem por terra e para isso temos de descobrir o que realmente nós somos...e valermo-nos a nós mesmas. Principalmente isso. NInguém nos vem salvar...É verdade que todas nós sonhamos com alguém tão especial que nos compreenda e nos acompanhe...o tal príncipe que nunca encontramos ou virou sapo, lembra-se? Quermos alguém que nos atinja o coração para sempre...Aí onde afinal ninguém entra...Porque o nosso coração é uma fonte selada onde só "deus" (a Deusa), chame-lhe o que quiser, mas é e só pode ser Amor incondicional, puro, o único que é capaz de nos preencher e sentir amadas como toda a vida a mulher sonha ser amada por outrem.

Tenho andado a pensar (e a ver) em como as mulheres seguem e adoram cantores populares como o Roberto Carlos o Julio Iglésias a propósito agora de um emigrante português, mais um fenómeno criado pela histeria colectiva feminina, Tony Carrera...

São milhares de mulheres e fans em histeria que fazem quilómetros e vão ao fim do mundo e gritam em delírio por um homem que lhes diz a cantar aquilo que elas todas na vida desejaram que um homem lhes dissesse na vida real e que nunca disseram e se disseram em poucos anos elas viram que era mentira! E afinal o que as esperava era violência doméstica ou psíquica, uma prisão económica ou uma exploração sexuall, trabalho e mais trabalho e abandono na maior parte das vezes...e por causa disso refugiam-se com ardor e desespero na voz de um cantor romântico que as embala na doce ilusão de umas palavras ocas...

MInha amiga, nesta vida todas nós temos um grande encontro marcado connosco mesmas e se o falharmos a nossa vida vai por água abaixo...

Essa é a vida de todas as mulheres que se não encontrarem com o seu feminino profundo e consigo mesmas e continuarem a sonhar com o principe-sapo. Todas serão vencidas pelos seus medos e ilusões...ou acabam vendidas a uma Mafia qualquer que as explora sexualmente no mundo inteiro! São tantas e tantas e passam por Portugal...Tantas meninas brasileiras que andam por aí...exploradas e abusadas por bandidos mesmo na frente das pessoas "sérias" e normais...que não se importam nada com a vida humana e só nos seus prazeres e dinheiro!

Vou acabar aqui, senão nunca mais acabo...e desejar-lhe que não se esqueça de si e das minhas palavras... Desejo que elas atravessem o atlântico à velocidade da Luz e encham o seu coração.

rlp

Sem comentários: